loader

Agricultura vai construir interposto para madeira no Namibe

A cidade de Moçâmedes, capital da província do Namibe, vai contar, no segundo semestre do presente ano, com um entreposto por forma a melhorar o processo de comercialização e fiscalização do comércio da madeira. A informação foi avançada ontem, pelo secretário de Estado para Recursos Florestais, André de Jesus Moda, no final da sua visita à província do Namibe.

Visando aprimorar o controlo e a oferta dos serviços aos operadores de corte de madeira, referiu, no segundo semestre deste ano será construído um entreposto de grande dimensão apetrechado com vários sectores, designadamente Administração Geral Tributária, AGT, Polícia Fiscal, Instituto de Desenvolvimento Florestal e outros serviços.

“Notamos que alguns cidadãos praticavam o comércio de madeira ilegal, sobretudo na região Sul do país, e isso preocupa o Executivo. Este entreposto irá ajudar bastante no controlo a partir da produção até ao escoamento do produto para o exterior” frisou.

Sublinhou que os entrepostos a serem construídos em diversos pontos do país serão de várias dimensões, dependendo das zonas de confluência, sobretudo de proximidade aos centros de produção, sendo que os maiores serão instalados junto a unidades portuárias, orçados entre cinco a USD seis milhões, contando já com as províncias do Bengo, Luanda, Cabinda, Benguela, Cuando Cubango e Namibe. Acrescentou que no ano passado foram cedidas 300 licenças de exploração – com uma perspectiva de exploração de 220 mil toneladas de madeira.

Últimas Notícias