loader

Bruno e Silvio não vão ao draft da NBA

Os extremos angolanos Bruno Fernando e Silvio Sousa não estarão entre os basquetebolistas registados para o draft da NBA, o qual terá lugar esta noite em Nova iorque.

POR: Michael Brown em Nova Iorque

A conselho dos ,seus treinadores e atentos ao que diziam as projecções sobre a escolha no draft, ambos decidiram ganhar mais um ano de rodagem no basquetebol universitário norte-americano. Bruno Fernando, extremo-poste dos “Terrapins” da Universidade de Maryland, ainda chegou a registar- se para o draft, tendo retirado o seu nome depois do draft combine, provas de exibição dos aspirantes a uma vaga na liga profissional. Durante a época de 2017/2018, este poste de 2.08 metros de altura e 106 kilos registou uma média de 10.3 pontos , 6.5 ressaltos e 1.2 tampões por jogo. As médias descritas pela crítica como boas para um caloiro revelaram-se insuficientes para o colocarem em boa posicao perante os aspirantes a uma vaga e que jogam exactamente na mesma posição .

Bruno Fernando chegou à Universidade de Maryland depois de ter feito uma época na Monte-verde Academy e outra na IMG Academy, ambas conhecidas por terem bons programas de basquetebol. Silvio Sousa por sua vez, tinha menos hipóteses. Uma controvérsia à volta de pagamentos na ordem dos 20 mil dólares feitos ao seu tutor, resultaram na sua suspensão até Janeiro deste, numa altura em que as equipas já levavam cerca de 20 jogos. A NCAA, entidade que rege o desporto universitário abriu uma investigação a qual concluiu que ele não tinha incorrido em nenhuma infracção. Apesar da NCAA ter dado o caso por encerrado, os problemas para o seu tutor mantêm-se .

Fenny Falmagne é acusado de ter recebido 20 mil dólares da Adidas para convencer Silvio a juntar-se à Universidade de Kansas, patrocinada por esta marca, ao invés de ir para a Universidade de Maryland, à qual tinha dado a sua palavra e que é patrocinada pela Under Armour. A lei americana proibe os desportistas universitários de receberem pagamentos. Os seus tutores também não podem fazê-lo. Tanto Silvio Sousa como o seu tutor não estão citados nos processos em investigação pelo FBI, o que não invalida que possam vir a sê-lo. Sem a mesma rodagem competitiva de outros que jogam na mesma posição Silvio Sousa nem sequer se fez ao draft. Na época que terminou em Março, Silvio Sousa registou uma média de 4 pontos, 3.7 ressaltos e 0.2 tampões por jogo.

Últimas Notícias