loader

Airbus ameaça sair do Reino Unido se país deixar UE sem acordo

O fabricante aeronáutico europeu Airbus ameaçou reconsiderar os seus investimentos e a sua presença no Reino Unido se o país deixar a União Europeia no próximo ano sem um acordo

“Esse cenário obrigaria a Airbus a reconsiderar os investimentos no Reino Unido e a sua implementação a longo prazo no país, minando seriamente os esforços do Reino Unido para manter uma indústria aeroespacial competitiva e inovadora”, disse o diretor de operações da Airbus.

Tom Williams considera ser necessário adotar medidas de mitigação porque “em qualquer cenário, o ‘brexit’ tem sérias consequências negativas para a indústria aeroespacial britânica e para a Airbus em particular”.

O responsável disse que a empresa quer “detalhes imediatos sobre as medidas pragmáticas que devem ser tomadas para operar de forma competitiva”.

O grupo estimou que o atual período de transição previsto, que termina em dezembro de 2020, “é muito curto” para implementar as mudanças necessárias na ampla cadeia de fornecimento.

A Airbus emprega mais de 15.000 funcionários em mais de 25 locais no Reino Unido e fornece mais de 4.000 empresas

Últimas Notícias