loader

UNITA leva autarquias à Ganda

O município da Ganda, que dista 200 quilómetros de Benguela, acolhe Sexta-feira, 29, a V Reunião Ordinária do Comité Provincial da UNITA, que vai abordar, entre outros temas, a questão das autarquias, cuja institucionalização está aprazada para 2020, segundo proposta do Conselho da República

Texto de: Constantino Eduardo em Benguelola

A reunião, que antecede a um acampamento, coincide com o encerramento das festividades da Liga da Mulher Angolana (LIMA), braço feminino da UNITA. Além de tratar da vida interna do partido, o conclave quer olhar para a questão da actualidade – as Autarquias Locais – com a seriedade que merece.

Nesta altura, segundo soube O PAÍS, decorrem igualmente acções de capacitação de quadros visando dar resposta ao desafio político que se avizinha, como primeiro ensaio.

As “baterias” precisam de estar bem afinadas para daqui a dois anos, em obediência à recomendação do Conselho da República, órgão de consulta do Presidente da República. Por esse facto, justifica o secretário adjunto da UNITA em Benguela, Geremias Kaunda Abílio, há a necessidade de se actualizar os quadros sobre o momento político do país, com particular destaque para a perspectiva da realização das eleições autárquicas.

“Este assunto vai merecer acesos debates e uma especial atenção, porque para partirmos para uma empreitada, precisamos de preparar o homem, que é o ponto de partida e de chegada”, disse em entrevista a O PAÍS.

Por ser a primeira experiência para o país, o político salienta que o seu partido, enquanto segunda força política, está a definir estratégias que, de certa medida, visam olhar para o homem como recurso mais importante no processo. “Só se pode cobrar onde você investiu”, elucida Geremias Abílio.

“UNITA: nova etapa, nova dinâmica” é, desde já, o lema que move a reunião ordinária do Comité provincial que quer, para lá da questão das autarquias, tratar de assuntos relacionados com a vida interna do partido.

De acordo com o político, farse- á igualmente o balanço das acções desenvolvidas pelo partido no primeiro semestre deste ano. Neste momento decorre, na Ganda, o acampamento de quadros.

Depois da reunião, realizar- se-á um acto político de massas, a ser presidido pelo secretário da Presidência da UNITA para as questões Eleitorais, Victorino Nhany, que marcará o encerramento da jornada das festividades do 46º aniversário da LIMA, assinalado a 18 de Junho, e abre a “quadra” comemorativa da JURA, braço juvenil da agremiação política, que se celebra a 18 de Julho.

Últimas Notícias