loader

Harmonia: Associação brasileira “Tambores do Mundo” realiza I Festival Internacional de Percussão em Cabo Verde

A percussão tem uma parte social e uma outra mais avançada ao nível de ensino, partilha e junção de ritmos entre o Brasil, o Senegal, o Tenerife, Angola e Cabo Verde

A associação brasileira “Tambores do Mundo” realiza a 2 de Agosto, na cidade da Praia, o I Festival Internacional de Percussão de Cabo Verde, com um desfile de ritmos da praia da Prainha à Quebra Canela. A informação foi avançada pelo director executivo do festival, Eduardo Escariz.

O responsável realçou que de 3 a 24 de Julho, serão realizadas actividades de cariz social e comunitário, entre as quais workshops sobre a construção de instrumentos de ritmos de avenida, a serem ministrados pelo especialista brasileiro llê Aiyê, Walter Kunzi, da Suíça e Kwame Gamal, de Cabo Verde. Segundo Eduardo Escariz, as actividades consistirão num trabalho “corpo a corpo” junto das comunidades para saber quantos grupos de percussão existem em Santiago, como estão as condições dos tambores, quais os tambores utilizados e que tipos podem ser confeccionados em conjunto.

O responsável adiantou que, depois desta fase mais técnica, iniciarão o trabalho com Master Classes (mestres de percussão) da Bahia (Brasil), do Senegal, do Tenerife, de Angola e de Cabo Verde a partir do dia 26 de Julho. “A ideia é criar um diálogo sobre a percussão para descobrir a força dos ritmos cabo-verdianos e fazer um resgate, porque sentimos uma carência de formação e informação para as pessoas ponderarem as suas próprias histórias”, revelou Eduardo Escariz.

O director reforçou que a percussão tem uma parte social e uma outra mais avançada ao nível de ensino, partilha e junção de ritmos entre os países. A associação já conta com 10 anos, em Salvador da Bahia, no Brasil, e promove projectos de intercâmbio musical-percussivo entre grupos que executam a música afro-baiana pelo mundo. No período do Carnaval, o projecto recebe centenas de alunos de diversas partes do mundo para morar na Comunidade do Curuzu.

Últimas Notícias