loader

Especialistas debatem hoje e quarta-feira em Maputo relação do Estado com o crime

  Especialistas da área jurídica debatem hoje e quarta-feira, em Maputo, a forma como um Estado se pode preparar para lidar com fenómenos criminais que afectam a boa governação de um país. “Que tipo de governação, administração pública, justiça, economia, se pretende para responder a estes desafios” é a questão lançada pela organização, em comunicado que antecede o evento.A conferência “A Intervenção do Estado, da Sociedade e do Direito no Combate à Corrupção” é promovida pela Procuradoria-Geral da República de Moçambique.A iniciativa é organizada em conjunto com o instituto Camões e a União Europeia, no âmbito do Projecto de Apoio à Consolidação do Estado de Direito nos PALOP e Timor-Leste (PACED).A criminalidade organizada, fraude fiscal, lavagem de dinheiro e, de forma mais sintomática, a corrupção, são alguns dos atos ilícitos que vão estar em foco.O evento conta com a participação de oradores de diversas áreas, entre os quais, Salimo Abdula, presidente da Confederação Empresarial da CPLP, Casimiro Ferreira, docente da Universidade de Coimbra, José Abudo, ex-provedor de Justiça de Moçambique, Flávio Menete, bastonário da Ordem dos Advogados de Moçambique e Severino Ngoenha, reitor da Universidade Técnica de Moçambique.

Últimas Notícias