loader

Combinação nada boa

Hoje é Sexta-feira, não é dia do homem, porque é dia de trabalho. Mais logo não será noite do homem sozinho, porque onde ele for haverá mulheres e onde deixa a sua poderá haver homens. Então, o melhor é mesmo acabar com os conceitos machistas que nada trazem de bom para a sociedade.

POR: José Kaliengue

Mas não apenas os machistas, também o “banzé” feminino da supremacia do homem e da “manténcia” ainda que sem amor e sem respeito apenas porque mulher tem de ser “mantida” para ser mulher. Há sempre outros caminhos. Quais? Aí está o belo da vida, temos de os viver. Não há fórmulas acabadas. Pensar e agir de forma contrária dá em tragédias desnecessárias como a que aconteceu ontem no Lobito. Desnecessária perda de pai, mãe e filho. Mas um outro ingrediente intrigante: a facilidade com que se obtém e se usa uma arma em Angola. O país não é rico, tem milhões na pobreza, como quase todos os Estados africanos. E, como quase todos eles, também gasta milhões na compra de armamento militar. Eu, que até sou cioso da nossa soberania, sinto-me mesmo inclinado a pensar que talvez Angola devesse cumprir um período de pelo menos dois anos sem compras militares, para balancear, controlar e organizar o que já cá tem. O descontrolo é grande. Somado ao exagero no consumo de álcool e agora de drogas, e ainda a estes conceitos possessivos nas relações entre os dois sexos… a combinação é perigosa. É hora de ensinar-se mais o amor próprio e a capacidade humana imensurável de dar a volta por cima.

Últimas Notícias