loader

Pai, mãe e filho encontrados mortos

A Polícia Nacional sugere que o homem (que se supõe tratar- se do cidadão Jacinto Monteiro, de 30 anos) terá estrangulado a sua mulher (Elizangela Fonseca, de 27 anos) até à morte e, em seguida, o filho, na noite de Quarta-feira

POR: Constantino Eduardo, em Benguela

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) em Benguela removeu, ontem, três corpos de membros da mesma família (pai, mãe e filho) no interior de uma viatura, na comuna da Gama, município de Catumbela. O casal aparenta ter idades compreendidas entre os 20 e 30 anos e a criança contava, aproximadamente, com dois anos de idade. A Polícia disse que vai instaurar um processo para apurar o que teria motivado, presumivelmente, o homem a dizimar os seus e, logo a seguir, tirar a sua própria vida. Os corpos foram encontrados por garimpeiros de pedras numa zona baldia, no bairro da Kabaia. Assim que se deparam com os corpos comunicaram imediatamente à Polícia para os remover.

Às 12 horas de ontem, os corpos foram removidos e transportados para a morgue, onde serão realizadas as autópsias. “É uma situação muito preocupante, eles não são daqui. É uma coisa muito estranha. Em termos de segurança aqui está muito mal, principalmente nesta zona do aeroporto”, disse Miguel Falso, autoridade tradicional. “Nós queremos uma esquadra móvel”, pediu morador, aparentemente chocado com o facto. Depois do sucedido, os moradores pedem que se reforce a segurança e se criem serviços sociais, como energia eléctrica, por exemplo, porquanto a zona regista muitos actos de criminalidade, fundamentalmente na calada da noite, decorrentes da falta desse bem.

Até à noite de ontem não se sabia os motivos das mortes, embora fontes da Polícia aventassem a possibilidade de se tratar de um caso de homicídio seguido de suicídio. A Polícia Nacional descreve que o homem (que se supõe tratar-se do cidadão Jacinto Monteiro, de 30 anos) terá estrangulado a sua mulher (Elizangela Fonseca, de 27 anos) até à morte e, em seguida, o filho. Depois disso, supõe-se que pós fim a sua própria vida com recurso a uma pistola de marca Star, com um tiro na cabeça. A arma foi encontrada junto aos cadáveres no local do crime. O porta-voz do Comando provincial da Polícia Nacional em Benguela, superintendente-chefe Pinto Caimbambo, disse que será aberto um processo de investigação, de maneira a se apurar o que esteve na base dessa tomada de decisão por parte do cidadão, conduzindo, desse modo, à descoberta da verdade dos factos.

De acordo com informações do oficial superior da Polícia, trava-se de um casal litigante que, até à data da morte, vivia separado por alegados desentendimentos. Presume-se, entretanto, que o bebé estivesse doente, pois no interior do carro foi encontrado uma receita médica. Por se tratar de uma família que “parte para a eternidade”, o porta-voz da Polícia Nacional considera ser importante que os agentes de socialização, mormente as escolas e igreja, trabalhem arduamente numa acção de consciencialização “dos homens enquanto vivem em sociedade”. “Atitudes como estas não têm palavras para serem caracterizadas”, lamentou.

Últimas Notícias