loader

PR angolano autoriza crédito adicional para alimentos e medicamentos das forças de segurança

O Presidente da República, João Lourenço, aprovou um novo crédito adicional ao Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2018,   de 60.932 milhões de kwanzas a favor do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas   para combustíveis, equipamentos de aquartelamento e alimentação.

 A autorização consta de um decreto presidencial de final de Junho e que visa especificamente o suporte de despesas com a cobertura de compromissos assumidos no âmbito da aquisição de alimentação, vestuário, combustíveis, meios de aquartelamento e equipamento de cozinha e refeitório. Desta forma, é aprovada a abertura de um crédito adicional ao OGE,.Contudo, lê-se ainda, o montante “é atribuído faseadamente, em função das disponibilidades financeiras”.Trata-se da segunda decisão do género em menos de dois meses.

Por decreto presidencial de 14 de maio, o chefe de Estado já tinha aprovado um outro crédito adicional ao OGE deste ano, de 34 milhões de euros, para garantir despesas logísticas, nomeadamente vestuário, calçado, meios de aquartelamento e equipamento de cozinha, nas Forças Armadas Angolanas.

Para o efeito, o decreto assinado pelo Presidente angolano, João Lourenço, aprova a abertura de um crédito adicional de 9.890 milhões de kwanzas (34 milhões de euros) a favor do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas.No OGE de 2018, o Governo angolano inscreveu uma dotação de 13.187 milhões de kwanzas (45,2 milhões de euros) para o pacote logístico da alimentação e mais 325 milhões de kwanzas (1,1 milhões de euros) para meios de aquartelamento e equipamento de cozinha.

Últimas Notícias