loader

FILDA recebeu 50 mil visitantes

A 34ª edição da Feira Internacional de Luanda (FILDA) pode ter recebido mais de 50 mil visitantes entre nacionais e estrangeiros segundo fez saber a porta-voz do Ministério da Economia e Planeamento, Ana Celeste

A maior bolsa de negócios do país, FILDA 2018, poderá ter contado com aproximadamente 50 mil visitantes, entre nacionais e estrangeiros. Ana Celeste, que falava à imprensa em gesto de pré-balanço da realização da FILDA/2018, explicou que a feira de 2017 não teve a mesma dimensão que a presente edição, atendendo ao interregno que houve em 2016.

Segundo a responsável, esta edição de 2018 superou as expectativas em todos os aspectos. Apesar da distância ser apresentada como um dos aspectos negativos (30 Km a Leste do Centro da cidade), o acordo com a TCUL permitiu que fossem colocados autocarros em alguns pontos da cidade, para o transporte de pessoas.

Questionada sobre a realização da próxima edição, disse ser prematuro afirmar se a próxima Feira será no mesmo espaço em que acolheu a FILDA/2018. Disse que um dado importante, senão o mais importante na presente feira, foi a presença de 262 empresas nacionais das 372 empresas participantes da 34ª edição da FILDA, o que significa haver um aumento da produção nacional.

Paralelamente às exposições, foram realizadas três visitas diárias em algumas unidades fabris implantadas na Zona Económica Especial Luanda-Bengo, a qual contou com o maior número de expositores estrangeiros que constataram o funcionamento dessas unidades fabris. Sem apontar números, Ana Celeste afirmou que foram concretizadas várias intenções de negócios e parcerias entre investidores nacionais e estrangeiros.

Em relação às palestras, realizadas na presente feira, o destaque vai para o investimento privado em Angola, onde se abordou a Nova Lei do Investimento Privado e os procedimentos do licenciamento da actividade económica em Angola.

 

 

 

 

Últimas Notícias