loader

XIII edição do FESTECA arranca amanhã com mais de 25 grupos

O evento contará com a presença de várias entidades e nele será homenageado o grupo teatral moçambicano Girassol

Texto de: Antónia Gonçalo

A XIII edição do Festival Internacional do Cazenga (FESTECA) arranca amanhã, 19, no Centro de Animação Artística do Cazenga (ANIM’ART), sob o lema “Nós vivemos o Teatro”, com a participação de mais de 25 grupos nacionais e estrangeiros. Na abertura da cerimónia será homenageado o grupo teatral moçambicano Girassol. Segundo o coordenador do evento, Orlando Domingos, a homenagem se deve ao trabalho árduo realizado pelo grupo como o Festival Internacional de Teatro de Inverno, que congrega vários grupos nacionais e internacionais, naquele país do Índico.

“Esse grupo muito tem feito para o engrandecimento do teatro, não só no seu país, como no mundo. Temos uma parceria que permite o intercâmbio teatral entre os dois países. Nesta edição do evento pretendemos reforçar as relações de intercâmbio entre os grupos”, explicou o responsável.

Reconhecimento

A cerimónia de abertura do FESTECA prosseguirá com o acto de reconhecimento da Rádio Cazenga e do Gabinete Técnico de Reconversão Urbana do Cazenga, Sambizanga e Rangel. Orlando Domingos avançou que o reconhecimento deve-se ao facto de ambas entidades serem parceiras no evento. “Há cinco anos que trabalhamos juntos e eles têm contribuído para a divulgação e manutenção deste festival de cariz internacional”, ressaltou.

Grupos teatrais O evento prosseguirá com a exibição de peças teatrais, das 16 às 20 horas e 30 minutos, com os grupos nacionais Vozes do Cazenga, Formiga da ADPP, Tic-Tac, Ombaka Teatro, Alcionica, Nzoje, Santana a Renascer, Filhos de Angola, Globo Gunza, Amazonas, Tuabixila, Puniv Teatro, Tujinguenji e Gesta Artes e Letras.

Os referidos grupos vão exibir as peças “Não me peças sorrisos”, “Sua majestade”, “Firmino raboteiro”, “Meu amor da rua onze”, ““Minha ex-namorada cunhada”, “Traços de revolta”, “Traços do tempo”, “Meandros do alembamento”, “O país que nasceu meus pais” e “Batata quente”.

A participação internacional está a cargo dos grupos provenientes do Brasil, República Democrática do Congo, São Tomé e Príncipe, Moçambique, Cabo Verde, Portugal, nomeadamente, Letras de Rosa, Sorrisos Negros, Retratistas, Fladu FLA, Temple D’Aquarium, Ciª Marabou e a Campanhia JGM.

Outras actividades Durante o FESTECA serão ainda realizadas uma “Oficina de Teatro” e conferências de teatro sobre “A parceria que lança o intercâmbio entre Cabo Verde e Angola”, que terá como prelector o director da Companhia de Teatro Moçambicana, Fladu Fla, Sabino Baessa.

Será ainda realizada a conferência sobre “Latitudes: as relações e produções teatrais Portugal- PALOP’s”, dirigida pelo director da Companhia de Teatro portuguesa, JGM, João Miguel.

O FESTECA

O FESTECA é promovido pela Globo Dikulu (Acção para o Desenvolvimento Juvenil), através do (ANIM’ART), e visa dinamizar um certame que proporcione um espaço de intercâmbio teatral, oferecendo oportunidade aos grupos e companhias de teatro, para exibirem a sua veia artística. Refira-se que todas as sessões vão decorrer no auditório do ANIM’ART, no município do Cazenga até ao próximo dia 29 de Julho.

Últimas Notícias