loader

Arbitragem preocupa adeptos militares

A arbitragem, um dos piores cancros do Girabola Zap, continua a preocupar os amantes do futebol. Esta semana, no fecho da 24ª ronda do Campeonato Nacional, treinadores, dirigentes desportivos e adeptos ficaram indignados com a actuação de várias equipas de arbitragem. Com o embate entre o Petro de Luanda e o 1º de Agosto à vista, todos estão apreensivos. Mas esperam que a nomeação dos juízes para o clássico reúna consenso e que façam um trabalho com lisura e transparência. Nas Transmissões, campo de treinos do 1º de Agosto, muitos adeptos alertaram a equipa técnica liderada por Zoran Maki a ter mais cuidado e a lutarem até ao último minuto. Gilberto Neto, 20 anos, adepto da equipa militar, espera que os árbitros indicados façam o seu papel e não invertem. O jovem enfatizou, dizendo que a roda já foi inventada, por isso, mais transparência não faz mal a ninguém. No Petro de Luanda, o técnico Beto Bianchi disse, no lançamento do desafio, que também quer uma arbitragem transparente, porque, estão técnica e tacticamente preparados para os 90 minutos.

Últimas Notícias