loader

Carta do leitor: O mais importante é a saúde

Bem hajam caros profissionais do jornal OPAÍS, Escrevo-vos para vos felicitar pela coragem de se empenharem neste desafio de produzir um jornal todos os dias.

POR: Roberto de Almeida
Luanda

E mais ainda por estarem a realizar um trabalho de qualidade notável, longe do que nos habituou o outro jornal diário, que às vezes até publica matérias sem actualidade nenhuma, principalmente as vindas das outras províncias. Porém, julgo que no vosso trabalho de jornalistas deveriam insistir nalguns aspectos que ainda não foram totalmente explicados. Há alguns meses este jornal e outros deram grande destaque a matérias relacionadas com a situação da Saúde pública no nosso país. De repente tudo desapareceu da comunicação social, como se o país, por milagre, tivesse ficado curado. Enfim, esta é a impressão que eu tenho, simples impressão, pois não posso certificar, uma vez que não faço, nem de muito longe, a leitura de todos os jornais nem presença diante do ecrã em todos os programas televisivos. Por isso apenas direi que penso que este comportamento de esquecer a Saúde é mau. Apesar de a vida continuar e o país ter outros acontecimentos que chamam a vossa atenção, acho que um assunto como a Saúde pública não deve merecer que se olhe para ele apenas à pressa, desses acontecimentos da concorrência entre jornais, rádios, etc. A Saúde é muito importante e o que a perturba pode afectar qualquer um de nós a qualquer momento. Por favor, gostaria de saber qual é a situação real da nossa Saúde pública. Aqueles números baixaram? Aumentaram? O que se passa?

Últimas Notícias