Livro: Premonição de John Lennon inspira livro infantil do filho

Vamos Ajudar a Terra é um livro de autoria de Julian Lennon. Por mais que não se queira, o apelido leva o leitor imediatamente numa viagem ao passado, à vida do Beatle John Lennon, e à canção Imagine, em que a letra fala dos problemas que o planeta atravessa e que também são o tema deste livro infantil.

O próprio Julian Lennon remete para o pai a razão de ter escrito este livro para crianças tantos anos depois da sua morte. Conta que num dos raros encontros entre ambos – Julian é filho de Chyntia, a primeira mulher do músico – o pai lhe dissera que “quando falecesse haveria uma forma de demonstrar que ia ficar bem e que todos íamos ficar bem”.

Segundo Julian, o pai enviar- lhe-ia uma mensagem sob a forma de uma pena branca e foi o que aconteceu anos depois: “Durante uma viagem pela Austrália [a promover um seu disco], recebi das mãos de uma anciã aborígene, do povo Mirning, que procurava ajuda para a sua tribo, uma pena branca. Fiquei sem fôlego”.

Para o também músico com vários discos editados, este foi um momento tão estranho como aquele em que o pai lhe fizera a premonição e decidiu fazer alguma coisa para ajudar algumas das populações mais desprotegidas do planeta.

O que veio a acontecer, pois as actividades da Fundação Pena Branca já produziram resultados no Quénia e na Etiópia, países onde colaboraram em iniciativas no campo da saúde e do fornecimento de água potável.

O livro conta a viagem de um avião mágico que o piloto – o jovem leitor – pode conduzir pelo mundo fora e fazer da Terra um sítio melhor para toda a humanidade. Nada que os versos de Imagine não pedissem aos milhões que ouviram esta canção quando Lennon cantava “Imaginem toda a gente a viver em paz”, entre outros versos com sugestões para que a Terra fosse um mundo diferente e melhor.

Através do livro as crianças são convidadas a carregar nos comandos do avião da Pena Branca e ajudarem nas várias actividades relacionadas com a água. Podem imaginar a aeronave a mergulhar nos oceanos para observar a poluição que mata os peixes ou visitar os lugares do mundo onde as pessoas não têm água para beber. uma parte das receitas da venda deste livro destinam-se à fundação de Julian Lennon, sobre quem Bono, o vocalista dos u2, já disse ser um admirador porque “as suas melodias têm um certo encanto infantil”.

Fonte: Jornal de Notícias