loader

Duas meninas de 13 anos violadas no Huambo

Duas menores de 13 anos de idade foram violadas sexualmente neste último final de semana, na província do Huambo, de acordo com o balanço da acção da Polícia local feito pelo porta-voz Martinho Kavita

POR: Maria Teixeira

A Polícia Nacional na província do Huambo registou 31 crimes neste final de semana, fruto de 20 denúncias feitas por cidadãos e 11 resultantes da intervenção das forças policiais. Em declarações ao OPAÍS, sobre o balanço semanal das ocorrências nesta província, Martinho Kavita referiu que o primeiro crime de violação ocorreu às 6 horas de Sexta-feira, no município do Katchiungo, no bairro Salupembe, na via pública, tendo como vítima uma menor de 13 anos de idade, actualmente internada no Hospital Municipal.

O crime foi praticado por um cidadão solteiro, de 22 anos de idade, já detido. O facto teve lugar quando a vítima se ia ter com a sua mãe numa lavra, tendo pelo caminho sido surpreendida pelo acusado que, ali mesmo, consumou o facto. O outro crime de violação ocorreu às 00horas e 30 minutos de Domingo, no município do Huambo, bairro Benfica, no interior da residência do acusado, tendo como vítima outra menor de 13 anos de idade, com baixa no Hospital Geral do Huambo. “Este crime foi praticado por um cidadão, solteiro, de 17 anos de idade, amigo da família, que também está detido”, revelou o porta-voz.

Ameaça com arma de fogo

Ainda na mesma província, dois cidadãos solteiros, com 34 e 44 anos de idade, respectivamente, foram ameaçados com uma arma de fogo por três cidadãos solteiros, com idades compreendidas entre os 33 e os 58 anos de idade, no município da Caála, na aldeia de Sipiti, na via pública, por causa de um suposto diamante. O facto ocorreu quando os acusados estavam envolvidos no negócio de um suposto diamante, tendo ameaçado as vítimas com a referida arma, com o propósito de se apossarem do mesmo. Neste momento, os acusados estão a contas com a Polícia.

Últimas Notícias