loader

Sudão apostado no intercâmbio cultural com Angola

O embaixador do Sudão, Khalid Mohamed Farah, manifestou esta Terça-feira, em Luanda, a importância do estabelecimento de um protocolo cultural entre os ministérios da Cultura de Angola e do seu país, com vista a contribuir para a troca de experiência e o intercâmbio nos vários domínios culturais.

O diplomata manifestou esta intenção durante uma audiência com a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, que considerou essencial uma ponte entre os dois estados para a divulgação e valorização da Cultura de Angola e do Sudão.

Para Khalid Mohamed Farah, a história dos dois povos deve ser conhecida e divulgada nos respectivos países, razão pela qual considera importante o estabelecimento da Cooperação Cultural em vários domínios. Por seu turno, a ministra Carolina Cerqueira apontou como aéreas prioritárias para um futuro intercâmbio cultural acções nos domínios da conservação e valorização do património nacional e mundial, a promoção da política da leitura e do livro e das artes.

A governante angolana destacou ainda as vertentes bibliotecárias e dos arquivos como aéreas que poderão servir para a troca de conhecimento entre os dois povos.

Angola e o Sudão, segundo a ministra, podem aproveitar os fóruns internacionais, nomeadamente da UNESCO, ACP e União Africana para a concertação de ideias para uma futura cooperação cultural, nas vertentes identificadas como prioritárias.

Últimas Notícias