loader

“Kassinda não volta atrás” regressa ao auditório Njinga Mbande

A peça é uma das mais conhecidas do reportório do grupo Nguizane Tuxikane, que esta noite leva uma vez mais ao auditório do Njinga Mbande, na escola com o mesmo nome, em Luanda”. Com duração de 45 minutos, a peça “Kassinda não volta atrás” narra a história de um pai (Namunda) que tem uma linda filha de nome Tchifole, muito cobiçada na aldeia de Lunge, e já em idade de casar.

Entretanto, o pai da jovem impõe duas condições a quem pretenda casar-se com a mesma. Nesse sentido, ordena primeiro que o pretendente de Tchifole tenha de morar na sua casa, já que a sua família é bastante reduzida, por um lado.

Por outro lado, exige que, se por ventura o papá Namunda adoecer e consequentemente falecer, nesse caso, o genro deverá ser enterrado vivo no mesmo túmulo que o sogro. Refira-se que Kassinda, o jovem pretendente ao enlace matrimonial com Tchifole, saiu da sua aldeia natal (Bailundo) e foi até à aldeia de Lunge, por esse motivo, pois não tencionava casar-se com alguém do mesmo bairro.

Posto em casa do papá Namunda, o jovem ouve atentamente as suas condições e, destemido, ansioso em conquistar a amada, contra todas as expectativas, aceita as condições impostas pelo sogro. Kassinda tem a particularidade de que quando assume um compromisso, não pode recuar, sob pena de sofrer uma terrível desgraça na, por força da sua tradição familiar e em respeito aos hábitos, costumes e tradição dos seus ancestrais.

O director artístico do grupo, Agostinho Kassoma, ressaltou que a obra é produto da dinâmica do teatro em Luanda, em que as estórias eram apenas baseadas na realidade local. Daí que surgiu a necessidade de apostar em obras de intervenção social e de promoção dos valores e costumes culturais do povo angolano. Refira-se que o enredo desenrola-se na província do Huambo, resultante de pesquisas das tradições, hábitos e costume dessa região.

 

Últimas Notícias