loader
Mais de 100 académicos congoleses dizem não a um possível terceiro mandato de Kabila

“Kabila respeitará a constituição conforme a alterada em 2011”, Papy Pungu

Embora a possibilidade de um terceiro mandato de Joseph Kabila esteja em debate na classe política, a Liga da Juventude do Partido Popular para a Reconstrução e Democracia (PPRD) encoraja o Presidente Joseph Kabila a continuar a sua “paixão para trabalhar para o Congo “. Uma posição ambígua, a princípio, mas cujo esclarecimento é lido pelos slogans da liga juvenil do partido presidencial.

‘Joseph Kabila mandat eza nanu tiiiii … (Nota do editor: O mandato de Joseph Kabila está em curso atéééééé…)” divertiam- se, cantando os jovens da PPRD numa macha política a 25 de Julho de 2018. A juventude do PPRD diz-se, no entanto, confiante de que o Presidente Kabila respeitará a Constituição, mas não qualquer uma. “A constituição da qual Joseph Kabila fala é a revista em 2011. Há a constituição de 2006 – à luz da qual Kabila foi eleito na segunda volta. E como essa Constituição foi alterada, então permitiu que Joseph Kabila fosse reeleito em 2011 ainda na primeira ronda.

E nós estamos a apoiar Kabila em relação a esta Constituição alterada em 2011, por isso ele vai respeitar a Constituição alterada em 2011. O que você quer ouvir de novo?”, questionou Papy Pungu, presidente da liga juvenil do PPRD. Os jovens do partido presidencial acreditam que “as conquistas da reconstrução nacional devem ser preservadas em paz e estabilidade”, com o slogan “Congo minha paixão, PPRD meu partido e Joseph Kabila meu presidente”. A liga juvenil do PPRD encoraja as instituições da República a seguirem os esforços para proporcionar aos congoleses “eleições credíveis”. No entanto, alertam os actores políticos e da sociedade civil, que, segundo a juventude do partido de Kabila, estão a “multiplicar estratégias para obstruir o processo eleitoral”.

Últimas Notícias