loader

LeBron James diz que Donald Trump usa desporto “para dividir” Estados Unidos

O basquetebolista dos Lakers LeBron James criticou ontem o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por usar “o desporto para dividir” os norte-americanos em questões de raça e negou que vá reunir-se com o líder do país.

POR: Opais/Lusa

“Estamos numa situação, nos Estados Unidos, em que toda a questão racial foi recrudescida. O nosso presidente está a dividir-nos. O que tenho notado nos últimos meses é que utilizou, de alguma forma, o desporto para nos dividir, e isso é algo que não consigo entender”, afirmou o jogador de 33 anos, em entrevista à cadeia televisiva CNN.

O jogador dos Los Angeles Lakers disse ainda que não poderá “calar-se ou ficar sem dizer nada” perante abusos raciais, dizendo ainda que nunca se reuniria com Trump, ao contrário do antigo líder, Barack Obama.O basquetebolista tem criticado por diversas vezes Donald Trump pelos ataques a jogadores afro-americanos da liga de futebol norte-americano (NFL), que se ajoelharam durante o hino nacional como protesto.

Este ano, James apontou o dedo a Trump por atacar Stephen Curry, jogador dos Golden State Warriors que disse que a equipa não visitaria a Casa Branca, sendo que o presidente retirou depois o convite.“Ir à Casa Branca era uma grande honra até que lá chegaste”, atirou.O basquetebolista é um dos mais bem pagos desportistas dos Estados Unidos e é considerado um dos melhores de sempre do desporto, tendo ganho por três vezes a Liga norte-americana (NBA).

 

Últimas Notícias