loader

Editorial: Nada a ver

A forma quase silenciosa, envergonhada, ou até mesmo de descaso com que se trata a questão do tráfico de seres humanos em Angola é assustadora. Tirando os discursos oficiais e a data consagrada ao tema, quase não se volta a falar sobre o assunto, que fica imediatamente envolvido num manto de silêncio ou de vergonha. No entanto, todos os dias temos a realidade a esborrachar-se-nos na cara. Basta ver o número de pessoas desaparecidas, todos os dias, na TPA, no programa Janela Aberta. São demasiados os casos de “procura de paradeiro” e seria altamente despiciendo não suspeitar (ao menos) que parte destes casos diários estão relacionados com tráfico de seres humanos. Por outro lado, como sempre, nem a Polícia e nem o Governo fornecem os números de casos denunciados. Como se o país nada tivesse a ver com o assunto.

Últimas Notícias