loader

O Espelho das Relações Humanas!

É dito nas profecias, que chegaria o tempo em que o Ser Humano compreenderia a natureza UNA de todo o Cosmos. Nos cânones das diversas correntes místicas, guardiãs das milenares escolas dos mistérios, como os Rosa Cruzes, os Templários e outros; este ponto de percepção é descrito como o início de uma nova etapa, no ciclo de maturação espiritual da Humanidade.

POR: Alexandre Lucas Tchilumbu

Literalmente, equivale à metáfora do raiar do sol; quando as brumas da noite e a dúvida, dariam lugar à uma clara visão de tudo a nossa volta. É neste ponto que começaríamos a perceber o “outro”, como o reflexo de nós mesmos, deixando “Ele” de ser o “estranho” e percebendo, lentamente, que SOMOS UM! Esta é a essência da empatia, premissa da compaixão! Este é dos conceitos base de toda a linguagem, trazida pela Física Quântica e que mostra, com exemplos, que TUDO É ENERGIA! Estamos todos conectados! Somos partes, refletindo as múltiplas faces da mesma Entidade! Na enigmática existência, o relacionamento com o “outro”, durante gerações, apresentou- se profundo e misterioso! Por que razão rejeitamos tanto umas pessoas e, com outras, quase queremos grudar? Se facilmente aceitamos os traços positivos da pessoa desejada, inclusive, os definimos como partes de nós, por que negamos, igualmente, possuir em nós aquilo que rejeitamos no “outro”?! À medida que começamos a reconhecer em nós aquilo que reprovamos no “outro”, podemos alterá-LO! Porém, isto implica “cognizar”, acreditar o facto de que na relação com outras pessoas, estamos, na verdade, a observar outras versões de nós mesmos! Tu e Eu, somos UM! Em ti, Eu vejo expressões do meu outro Eu! (…) É a mesma essência, unida a tudo mais. (…) Isto é sabedoria; é o grande e sagrado Espelho das Relações Humanas! É a compreensão que se tornou traço comum nas mentes de todas as pessoas que, realmente, fazem a diferença, onde quer que elas estejam! Elas vêem a floresta não apenas a árvore, embora saibam que cada árvore é específica, enquanto factor de aprendizado. Säo os verdadeiros líderes, que sabendo-se UM com tudo o mais, não subordinam a consciência à matéria e toda a sua atitude reflecte LUZ, Paz e AMOR. Alguém se lembra de alguém assim? Cada relacionamento, amoroso, laboral, familiar, etc, é experiência espiritual e devíamos ter a sabedoria de observar, naquelas situações difíceis, sinais e oportunidade de realizar as grandes mudanças internas! Se duas pessoas se rejeitam, certifique-se de que ambas têm características comuns que, de momento, não estão dispostas a aceitar. Da próxima vez que te sintas atraído por alguém, pergunta-te o que te atraiu? Sua beleza, inteligência, elegância, autoridade? Seja o que for, fica consciente de que em ti, floresce a mesma característica! À medida que prestamos atenção a este sentimento, a linguagem muda; o julgamento desaparece e leva consigo o estigma da vítimaçâo e auto-piedade. É isto que alguns designam por “assumir o leme do barco da própria vida”. Conhecer-se!!! Com a prática, cresce a intuição e começamos a receber do “outro”, informações úteis, que guiam nossos passos, sobre onde e quando deveríamos estar. Alguns chamarão de sorte, mas, é algo maior. É uma confluência que energias, que nos orientam pra mais saúde, vida longa, rejuvenescimento corporal, além de outras respostas. É grandioso! É o Humano mostrando apenas um pouco da sua multidimensionalidade. Usar o Espelho das Relações Humanas, com foco e atenção, é a síntese da vigília, como recomendou o Mestre Jesus: “Vigiai”. Não o “outro”, mas nós mesmo, para que apenas bons pensamento sejam admitidos na nossa mente. (…) Como se sente o Ego com tudo isto? O quão difícil é aceitar aquele familiar; aquela relação no trabalho? Aceitar o governo e seus actos? Quão tudo isso é difícil para ti? Não te esqueças, tudo a nossa volta é a expressão de nós mesmo! Isto é credível ou não? E se é, o que vai fazer com esta informação? Pense nestas coisas(…) elas movem-se com a Humanidade, desde os primórdios. A não ser que agora nos é permitido, lentamente, começar a recordar e a resgatar a sabedoria dos antigos. O moderno conceito de relacionamento humano, faliu! Afastou o “outro” e sobre Ele gerou rótulos. Mudança de paradigmas, inclui a extensão do nosso EU, para compreender que SOMOS UM!

Últimas Notícias