Carta do leitor: ANGOLA, AVANTE!

Ao director José Kaliengue, e todo vasto leque de trabalhadores deste riquíssimo jornal, cordiais saudações, continuem com o excelentíssimo trabalho que têm feito.

POR: Edgar dos Santos

Vivemos tempos mutáveis, onde o imediatismo tornou-se uma enfermidade dominadora e com enormes seguidores. Mas o que me preocupa são os princípios básicos da vida que têm sido esquecidos e mutilados, tudo por culpa da desenfreada busca pelo sucesso, ou a sua má concepção. ANGOLA AVANTE…. Era o grito unido do povo num som abrasador, edificante e harmonioso. Hoje, cada um por si e Deus por todos. ANGOLA, AVANTE… Era o grito das nossas mamãs e papás, que deram tudo de si para verem uma nação melhor, com educação, saúde e igualdade. A vida é dinâmica, não estática, mas os padrões humildes que fizeram dessa terra crescida e adulta são os mesmos que farão de nós “um só povo e uma só nação”. Nas benditas letras do nosso hino nacional que verdadeiramente nos identifica, como povo lutador, abençoado e sacrificado, construamos do passado o homem novo. Um homem melhor! Não esqueçamos das nossas origens, juntos, com determinação e muito empenho podemos mudar o país, sem precisamente ter que pisar outrem para adquirir ou ascender em alguma coisa.