Petro com teste difícil no Estádio 11 de Novembro

Os tricolores recebem amanhã o Desportivo da Huíla, em partida referente à 28ª jornada do Girabola Zap, no Estádio 11 de Novembro, às 16:30, com a obrigação de vencer.

Petro de Luanda tem um teste difícil amanhã no Estádio 11 de Novembro, quando receber o Desportivo da Huíla para a 28ª do Girabola Zap, às 16:30.Para alimentar a “chama” da corrida ao título, o clube tricolor é obrigado a vencer os huilanos em casa. A acontecer, a formação petrolífera alcança o líder, o 1º de Agosto, na tabela classificativa. Este, por sua vez, defronta o Domant do Bengo, no Domingo, em partida de atraso referente à 26ª ronda. Se os militares perderem ou empatarem, o título será disputado até à última jornada entre os rivais.

No ano passado na segunda volta, o Petro de Luanda perdeu na Huíla por duas bolas a zero. A derrota fora de casa, nesse ano, atrapalhou as contas do emblema fundado em 1980, empurrando- o para o segundo lugar. É evidente que no 11 de Novembro, a formação entra mais avisada e com o sentimento de vingança. Por isso, no lançamento do jogo ontem, o técnico Beto Bianchi admitiu que o grupo está motivado e preparado para o jogo. Apesar das dificuldades que poderão encontrar ao longo da partida, entram focados na luta pelo título. No Desportivo da Huíla, o adjunto de Mário Soares, Hélder Cruz, fez saber que querem sair da quinta posição (33 pontos) para a quarta.

Caála acidenta no regresso ao Huambo

O presidente do Recreativo da Caála, Horário Mosquito, confirmou ontem a O PAÍS que o autocarro que transportava a equipa de Luanda para a província do Huambo acidentou na madrugada desta Quintafeira, no entroncamento entre os municípios de Cambambe (Cuanza-Norte) e Libolo (Cuanza-Sul). Horácio Mosquito adiantou que os atletas estão bem, mas houve danos na viatura. Na Quarta-feira, os caalenses empataram sem golos frente ao 1º de Agosto, em partida de acerto de calendário referente à 24ª jornada do Girabola Zap, no 11 de Novembro.