Editorial: Imoral e injusto

A democracia tem custos, isso é assumido pelos cidadãos e pelo Estado. E assim se justifica os gastos com instituições como o Parlamento, as Forças Armadas, a Polícia, os Tribunais, Comissão Eleitoral, etc.. Todos estes conformam, com o povo, a nossa soberania. Porém, soberania resulta da Independência. E para a Independência houve sacrifícios, incontáveis, de muita gente. Então, a Independência também tem custos. Estão cheios de razão os combatentes da FNLA que no ELNA lutaram contra o colonialismo, pela Independência de Angola. Não é justo, não é democrático, não é moralmente aceitável que o Estado os abandone. Nada o justifica. Há sangue seu também na seiva desta nação.