loader

Aviadores regressam à primeira divisão

Depois de disputar uma temporada no Campeonato Nacional de futebol da segunda divisão, o Atlético Sport Aviação (ASA) volta ao escalão maior do desporto-rei no país.

O Atlético Sport Aviação (ASA) regressou ontem ao Girabola, após vencer, por 3-2, o Santa Rita de Cássia do Uíge. No Estádio dos Coqueiros, em Luanda, os aviadores somaram 22 pontos que garantiram a subida para o Campeonato Nacional da primeira divisão.

Na próxima ronda, a turma do aeroporto vai entrar em campo para cumprir calendário do grupo A da Segundona. Por sua vez, a equipa das terras do “Bago Vermelho”, segunda colocada com 16 pontos, é obrigada a vencer as próximas partidas para disputar a ‘liguilha’ frente ao Ferrovia do Huambo. Ontem, os golos da partida foram apontados por Kibeixa, duas vezes, e Fundo por uma ocasião para o ASA, enquanto para o Santa Rita, Modesto bisou.

Depois de uma temporada na Segundona, o presidente do Atlético Sport Aviação (ASA), Adriano Diogo Agostinho, disse que está cumprida a missão. “Com o trabalho da equipa técnica e o apoio dos patrocinadores conseguimos o tão desejado regresso ao Girabola”, disse Adriano Diogo Domingos, que se mostrou radiante pelo feito. O presidente do Santa Rita de Cássia do Uíge, Nzolani Pedro, atirou-se contra a equipa de arbitragem. “Recebi a ligação de alguém que me confirmou que os árbitros receberam dinheiro para ajudar a equipa adversária”, acusou o presidente. O Bikuku FC da Lunda-Sul já assegurou o apuramento para o Girabola do próximo ano.

Últimas Notícias