Ministério da Saúde abre concurso público

A ministra da Saúde, Sílvia Lutukuta, procede, hoje, em Luanda, ao lançamento do concurso público de admissão de 7667 técnicos para o sector a nível do país, numa altura em que o Governo aumentou de 35 para 45 anos o limite de idade de ingresso na carreira médica, no novo Regime Jurídico da Carreira Médica.

De acordo com uma nota de imprensa enviada a OPAÍS, as vagas acima mencionadas serão distribuídas para novos ingressos, promoções e actualizações de carreiras. No novo Regime Jurídico da Carreira Médica, aprovado pelo Decreto Presidencial número 186/18, que revoga a legislação anterior relacionada a essa materia, publicado no Diário da República de 6 de Agosto, consta que esta medida deve-se à especificidade da actividade profissional, bem como à carência nacional de quadros neste sector.

O diploma legal foi criado para responder à necessidade de se actualizar e ajustar a carreira aos novos desafios e às necessidades reais do Serviço Nacional de Saúde. Angola conta apenas com 6 mil e 600 médicos para cerca de 28 milhões de habitantes, conforme noticiou OPAÍS na edição 26 de Janeiro do corrente ano. Essa revelação foi feita pela ministra da Saúde, Sílvia Lutukuta, ao discursar na cerimónia de abertura do Congresso Internacional dos Médicos. Apegando-se aos mesmos números, OPAÍS calcula que o rácio seja de um médico para cada 4 mil e 242 cidadãos.

Ante esta situação, a governante defende a necessidade de se fazer um esforço redobrado para atingir as metas definidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), segundo a qual o rácio deve ser de um médico para mil habitantes. Sílvia Lutukuta advoga que se reforce a aposta num sistema de formação em que a qualidade deve ser a tónica dominante para a diversas especialidades da medicina. Segundo a gestora pública, muitos problemas de saúde estão relacionados ao consumo de água imprópria, falta de saneamento básico e às condições sócio económicas da população, motivo por que apela a um esforço conjugado de outros sectores da sociedade.