loader

Corte superior do Mali confirma Keita como vencedor das presidenciais

A Corte Constitucional do Mali confirmou, esta Segunda-feira, a reeleição do presidente Ibrahim Boubacar Keita na segunda volta, rejeitando as acusações de fraude do candidato da oposição.

A decisão abre caminho para Keita ser empossado no próximo mês para um segundo mandato de cinco anos, numa altura em que as autoridades do Mali enfrentam uma crescente violência provocada por grupos jihadistas e milícias étnicas. O opositor Soumaila Cisse contestou o resultado da comissão eleitoral de 12 de Agosto, que indicava Keita como vencedor com 67% dos votos. O processo eleitoral foi marcado por ataques armados no Centro e no Norte do país, onde centenas de assembleias de voto permaneceram fechadas, conhecendo uma participação de apenas 34 por cento, o que causou o medo e a apatia dos eleitores. Cisse afirma que teria ganho 51% dos votos, porém houve o preenchimento de urnas e outras fraudes pelos apoiantes de Keita, alegações que este rejeitou. A missão de observadores da União Europeia e outros monitores locais e internacionais disseram que, apesar de várias irregularidades e interrupções, não constataram evidências de fraude.

Últimas Notícias