loader

Editorial: Prioridades

A Rádio Mais falou na semana passda com cidadãos de Luanda sobre a pertinência da construção do viaduto e da estrada marginal da Corimba e, quase unanimemente, os cidadãos disseram que o dinheiro seria melhor empregue se aplicado na Saúde, ou na Educação.

Estes cidadãos são utentes do nosso serviço de Saúde e sabem da existência de escolas onde não existem carteiras, apesar de sermos um país rico em madeira. Deu para perceber que as nossas instituições não aprenderam ainda a comunicar.

Se, eventualmente, aquela via vai ter impacto positivo na Saúde e na Educação dos luandenses, então é preciso passar a explicar.

Dizer o valor, o prazo, reclamar a transparência dos processos não chega, o cidadão tem de sentir a necessidade de cada obra. Sim, explicar detalhes e consequências deve ser uma prioridade do Executivo.

Últimas Notícias