loader

Editorial: Não poderia ter mudado tudo

João Lourenço acaba de comemorar um ano desde a sua eleição como Presidente da República de Angola. De lá para cá muita coisa mudou para melhor, mas muita coisa também se manteve como estava e algumas até pioraram. É normal. Não estaria a dizer a verdade quem dissesse que melhorou tudo, menos ainda quando estamos a falar de um ano apenas de mandato. Porém, o Presidente continua a gozar de um estado de graça prolongado, porque continua a mobilizar a sociedade e porque os angolanos têm nele a esperança ante os seus problemas do dia-a-dia. Sim, é preciso dizer que há muito por mudar e que o Presidente tem vontade de o fazer. Contudo, também é preciso resistir ao apelo da propaganda douradora de pílulas, não há nada mais corrosivo.

Últimas Notícias