loader

Novela: Revelação de Beto Falcão aquece trama de ‘Segundo Sol’

Protagonista revela a todos que está vivo, para tentar inocentar o seu grande amor, e dá início a uma série de grandes reviravoltas na história

No final de Agosto, a trama de ‘Segundo Sol’ aproxima-se ao capítulo 100 e são várias as reviravoltas que vão acontecer a partir do momento em que Beto Falcão (Emílio Dantas) revela que está vivo para tentar inocentar Luzia (Giovanna Antonelli).

O intérprete do protagonista da novela, Emílio Dantas fala da expectativa em relação ao momento mais esperado do seu personagem e como a sua vida vai novamente mudar. “Acontece muita coisa na vida do Beto. Fico angustiado ao ler os capítulos, não tenho conseguido desligar-me quando estou fora do set de gravação. São muitas emoções diferentes e isso é maravilhoso”, comentou o actor.

“O eixo central, a história de Luzia, vai sofrer uma grande reviravolta quando ela, após ser inocentada, ser novamente acusada por um crime que não cometeu. Desta vez, a nossa ‘heroína’ quererá vingar-se, alterando o seu modo de encarar a vida”, adianta o autor João Emanuel Carneiro, em relação ao curso da novela e dos principais personagens até ao momento actual.

O assassinato de Remy (Vladimir Brichta) é outro grande acontecimento dos próximos capítulos e já causa enorme curiosidade: ele de facto morre, ou não? O autor brinca e adianta que, por agora, o crime vai, para já, afectar a vida de muita gente, porque há muitos suspeitos. Feliz com os defensores da permanência do personagem na novela, o actor Vladimir Brichta comenta a trajectória do filho, “ovelha negra” da família Falcão.

Nos últimos tempos, o personagem passou de perdedor para aquele que dá as cartas no jogo e ficou com as vilãs Karola (Deborah Secco) e Laureta (Adriana Esteves) nas mãos.

“O meu objectivo sempre foi deixar saudades, mas surpreendi- me com o regresso do público clamando pela permanência do personagem.

Acho que a lacuna que ele deixa na trama será preenchida com muito suspense, o que enriquece ainda mais a história dele”, acredita o actor. Já na família Athayde, uma grande reviravolta está prevista e irá para o ar no fim desse mês.

Roberval (Fabrício Boliveira) compra a mansão e só permitirá que os moradores permaneçam nela se trabalharem para si. “Roberval acabará por encorajar a união da família, e todos voltam a morar juntos.

Ele faz bem à família, mas de uma forma errada. Essa falta de maniqueísmo atrai-me ao personagem”, enaltece Fabrício Boliveira. “Todos amam e odeiam Roberval. Acho isso maravilhoso, morro de rir com os comentários”.

Para Zefa, vivida por Cláudia-di Moura, a chegada de Roberval à casa, mesmo que por meios inconfessos, trará muita felicidade pelo facto de reunir novamente a família. Mais forte, ela passará a impor-se em relação a Severo (Odilon Wagner), para a sua mudança individual.

“Conheço muitas mulheres subservientes como a Zefa, é uma realidade muito presente ainda. Anseio por esse momento em que ela vai sair desse lugar e exercer a sua personalidade”, declarou a actriz baiana, estreante em novelas.

Últimas Notícias