loader

Primeiro livro de Investigação Científica de Afonso Nkuansambu é apresentado Sexta-feira no ISCED de Luanda

A obra, com 188 páginas, distribuídas em quatro capítulos, foi publicada pela Rubricart Editora e visa proporcionar aos estudantes, professores e investigadores uma ferramenta orientadora para a elaboração, formatação e divulgação de trabalhos científicos de qualidade tempo útil e sem stress

Texto de: Augusto Nunes

“Me to do l o g i a de Investigação Científica: Critérios Para a Elaboração, Formatação e Apresentação dos Trabalhos Científicos em formato NP e APA” é o título do primeiro livro do docente universitário Afonso Nkuansambu, a ser apresentado esta Sexta-feira no Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), em Luanda, por Adérito Manuel.

A obra, inserida na Colecção Académica, foi publicada pela Rubricart Editora, tem 188 páginas e está dividida em quatro capítulos: o primeiro refere-se ao pensamento sobre o saber científico, em que, depois de uma leitura reflectida, o leitor é capaz de distinguir os níveis de conhecimento, caracterizar os tipos e métodos de pesquisa, diferenciar o paradigma da investigação do enfoque epistemológico e das técnicas para a recolha de dados e vice-versa.

O segundo capítulo concentra- se na estrutura e elementos de trabalhos científicos, realçando aspectos para produzir um projecto de pesquisa, com todo o rigor que se impõe, desenvolver habilidades para elaborar trabalhos científicos e modificar a forma de estruturar trabalhos de pesquisa científica.

Já o terceiro capítulo refere-se às regras técnicas de como redigir o trabalho científico, assim como distinguir a norma portuguesa da norma APA, reconhecer a pertinência da citação e das referências bibliográficas para os trabalhos científicos, bem como exercitação no texto.

O quarto e último capítulo deste livro está focado nas orientações metodológicas para a apresentação e defesa dos trabalhos científicos, mostra como poderá o leitor identificar os momentos cruciais dos trabalhos de pesquisa, como generalizar experiências sobre os cuidados a ter em conta na preparação dos slides e na apresentação dos resultados das pesquisas.

O mesmo capítulo mostra ainda como modificar a forma de apresentar e defender os trabalhos científicos, bem como demonstra competências na busca do saber científico.

O autor da obra, Afonso Nkuansambu em conversa com OPAÍS, adiantou que o livro surgiu depois de ter questionado o verdadeiro papel social das universidades, tendo concluído que são as únicas instituições, entre várias existentes, cujo objectivo é fabricar conhecimentos, corrigir e desenvolver axiomas ou teorias, assim como indagar fenómenos sociais e de vária natureza, propondo possíveis soluções a esses fenómenos.

O livro, segundo Afonso Nkuansambu, propõe-se habilitar os estudantes e professores sobre orientação metodológica na investigação científica, proporcionando-lhes uma ferramenta orientadora para a elaboração, formatação e divulgação dos trabalhos científicos de qualidade no tempo útil e sem stress.

Um outro objectivo a que se propõe este volume é impulsionar os pesquisadores a construir um conhecimento científico alicerçado nos princípios teóricos capazes de fornecer resultados satisfatórios visando dinamizar o desenvolvimento nacional.

O livro, além de incluir depoimentos de diferentes entidades académicas, tem o prefácio assinado por Enrique José Sobrero Bosh, professor de Filosofia na Universidade Católica de Angola.

Últimas Notícias