loader

Agência sul-africana pretende atrair novos investimentos para Angola

A Wesgro, agência sul-africana de promoção e apoio ao investimento, pretende trazer para Angola novos investimentos. Em exclusivo a opAíS, o presidente da câmara de comércio Angola-África do Sul destacou investimentos em áreas como agricultura, saúde, minas e turismo

Texto de: Hélder Caculo

A Cidade do Cabo (Cape Town), vê com bons olhos o actual ambiente de negócios em Angola, por isso, quer tornar-se parceira comercial de Luanda. Victoriano Nicolau e Tim Harris, presidente da Câmara de Comércio e Indústria Angola-África do Sul (CACIAAS) e chefe executivo da Wesgro, agência sul-africana de promoção e de apoio ao investimento, respectivamente, rubricaram, ontem, um memorando de entendimento.

Os dois responsáveis reuniram-se em Luanda, na sede da CACIAAS com o objectivo de discutir oportunidades recíprocas de investimento.

Em causa está a necessidade que Angola tem de diversificar a sua economia e apostar em outras áreas, como agricultura, desenvolvimento infra-estrutural e produção de bens diversos. Por sua vez, a Wesgro quer atrair investimentos sul-africanos para Angola, com destaque para as áreas de saúde, formação, minas , agricultura e turismo.

Para o presidente da Câmara, o acordo vai beneficiar muitos empresários angolanos e criar novos empregos. “É um acordo que visa facilitar o investimento entre os dois países. Há muitos empresários que querem investir em hospitais e farmácias e que precisam de bons parceiros comerciais, como os sul-africanos”, disse Victoriano Nicolau.

Por sua vez, Tim Harris, representante da Wesgro referiu que já houve tentativas de manter um acordo comercial com Angola há alguns anos, mas que foi condicionado pela burocracia na obtenção de vistos existente na altura.

“Hoje já há mais facilidade na relação comercial com Angola. Visitamos algumas províncias de Angola e temos grande interesse em investir nelas, sobretudo, no sector do turismo”, disse o representante de uma das maiores agências de atracção de investimento da África do Sul.

Últimas Notícias