loader

Política externa angolana em debate no Conselho Consultivo

O evento terá a participação de embaixadores extraordinários e plenipotenciários, embaixadores do quadro da carreira diplomática, cônsules gerais, cônsules, chefes de departamento, entre outras entidades

Perspectivar acções no âmbito das competências de execução da política externa da República de Angola constituirão a tónica dominante da realização, hoje e amanhã, em Luanda, do VII conselho consultivo do Ministério das Relações Exteriores (MIREX). Uma nota de imprensa do MIREX diz que o fórum vai abordar os seguintes temas: “o plano de desenvolvimento nacional, alinhamento com a política externa”; “a diplomacia económica de Angola” e “a geopolítica e cobertura regional”.

O “plano de reforma, uma nova visão para o Ministério das Relações Exteriores”, também será apreciado no evento, sob orientação do titular do sector, Manuel Augusto, que contará com intervenção do ministro da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca.

O evento terá a participação de embaixadores extraordinários e plenipo tenciários , embaixadores do quadro da carreira diplomática, cônsules gerais, cônsules, chefes de departamento, entre outras entidades. Sob o lema “Mirex – As oportunidades e desafios do futuro”, o certame foi precedido ontem, Domingo, por uma visita às novas instalações do Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI) – futura Academia Diplomática do Ministério das Relações Exteriores, localizadas na Centralidade do Kilamba, em Luanda.

O VI conselho consultivo do MIREX decorreu em Fevereiro de 2015, sob o lema “reorganizar para melhor servir” e visou aprecia r, ent re out ros assuntos, as estratégias sobre o melhoramento da imagem de Angola no exterior, os riscos e a ameaça do terrorismo no país, bem como os progressos alcançados no combate ao branqueamento de capitais.

Vice-primeiro ministro belga em visita de trabalho a Angola

O vice-primeiro ministro e ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino da Bélgica, Didier Reynders, chega hoje a Luanda para uma visita de 24 horas a Angola. Uma nota de imprensa do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Ministério das Relações Exteriores chegada a OPAÍS indica que, de acordo com o programa, Terça-feira (11), decorrerá um encontro de trabalho no salão nobre do MIREX com o governante belga e o seu homólogo angolano, Manuel Augusto, a encabeçarem as delegações.

Posteriormente, o chefe da diplomacia do Reino da Bélgica será recebido em audiência, no Palácio da Cidade Alta, pelo Presidente da República de Angola, João Lourenço.

Por volta do meiodia, o vice-primeiro ministro e ministro dos Negócios Estrangeiros, Didier Reynders, concederá uma conferência de imprensa, antes de lhe ser oferecido um almoço, por volta das 13h00, pelo ministro Manuel Augusto. Didier Reynders vem a Angola à frente de uma delegação composta por mais seis altos funcionários da diplomacia belga e o seu regresso está previsto para a tarde do mesmo dia.

Últimas Notícias