loader

Valores Mobiliários com códigos reconhecidos internacionalmente

A Bolsa de Dívida e Valores de Angola (Bodiva), enquanto Sociedade Gestora de Mercados Regulamentados, começa a emitir a partir de hoje (segunda feira) o código Número Internacional de Identificação de Valores Mobiliários (ISIN), sigla em inglês.

O referido código é um padrão internacional usado para identificação única de instrumentos financeiros, incluindo acções, instrumentos de dívida e instrumentos derivados, de acordo com uma nota de imprensa da Bodiva a que a Angop teve hoje acesso.

Ao assumir a responsabilidade de atribuir os códigos de identificação, a Bodiva atende a padrões rigorosos e detalhados sobre como procurar manter as exigências e as práticas sincronizadas com as mudanças das condições de mercado.

Deste modo, a partir de hoje, os títulos de Dívida Pública passam a ser emitidos atendendo padrões rigorosos e aceites mundialmente, abrindo um canal para entidades externas.

Este passo abre um canal para que entidades externas interessadas em Angola possam ter acesso à informação sobre títulos disponíveis para negociação nos mercados.

A nota refere que a Bodiva foi admitida a 29 de Junho último como Membro Associado da Association of National Numbering Agencies (ANNA), associação internacional que tem como missão a padronização de códigos de identificação de valores mobiliários numa escala global.

Como Agência Nacional de Numeração, a Bodiva passou a ser responsável, em Angola, pela atribuição de códigos de identificação às emissões de valores mobiliários e instrumentos derivados, respeitando os padrões da Organização Através do ISIN emitido pela Bodiva será possível identificar aspectos como país de emissão, emitente e características da emissão.

No final do ano, a Bodiva disponibilizará os códigos de identificação CFI (Classification of Financial Instruments – Classificação de Instrumentos Financeiros) e o FISN (Financial Instrument Short Name), de acordo com a nota.
Numa outra nota, a Bolsa de Dívida de Valores de Angola (Bodiva) informou ter participado no primeiro encontro das Bolsas da CPLP, aquando da XII Cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que decorreu de 17 a 18 de Julho último, em Cabo Verde.
O referido encontro potenciou uma aliança estratégica entre as bolsas da CPLP e culminou na assinatura de um Protocolo de Cooperação.

O protocolo, agora celebrado entre a Bodiva, a Bolsa de Valores de Cabo Verde, a EURONEXT Lisboa e a Bolsa de Valores de Moçambique, tem por objectivo estabelecer princípios que possibilitem o intercambio de informação entre as bolsas, a partilha de soluções tecnológicas e regulamentares que possam auxiliar no crescimento do tecido empresarial local, bem como, o acesso aos investidores internacionais.

Últimas Notícias