Turismo precisa de mais investimentos para crescer

A ministra do Turismo, Ângela Bragança, apelou a todos os intervenientes do sector a elaborarem projectos inovadores, por forma a trair mais investimentos para o sector. A criação de uma plataforma turística está entre os desafios do Mintur

Texto de: Brenda Sambo

Melhorar cada vez mais o sector turístico em vários domínios, atrair mais investimentos e contribuir para o desenvolvimento do sector são alguns dos propósitos do Ministério do Turismo, como avançou a ministra Ângela Bragança. Entretanto, não avançou o valor necessário para alavancar o sector que dirige. Segundo Ângela Bragança, que falava ontem, em conferência de imprensa em alusão ao Dia Mundial do Turismo, que se assinala no próximo dia 27 de Setembro, “a divulgação e o fomento do turismo constitui um alicerce firme para uma acção estruturada e diversificada do turismo”, vincou.

Independentemente do carácter que desempenha, disse, o turismo constitui uma actividade com grande incidência na economia dos países pela enorme capacidade que possui de gerar receitas e criar postos de trabalho, nas suas mais diversas formas. Para tal, reconheceu que, o enorme potencial turístico do país ainda é virgem, sublinhando que as vias de comunicação carecem de reabilitação, e, em alguns casos, a construção de novas infra-estruturas.

“Desse modo, o Plano Nacional 2018/2022 coloca um desafio ao sector do turismo, tornando-se na esperança para o futuro do país”, frisou. Este ano, a Organização Mundial do Turismo (OMT), comemora o Dia Mundial do Turismo com o lema “O Turismo e a Transformação Digital”, um lema que, de acordo com a ministra, foi instituído com o propósito de destacar a interacção das tecnologias de informação na era digital e sua influência na cadeia turística.

Pretende-se com isso, prosseguiu, aumentar a informação sobre a contribuição do turismo para o desenvolvimento, em linha com os “Objectivos do Desenvolvimento Sustentável”. Sublinhou ainda que, as oportunidades dos avanços tecnológicos, que se assistem nos últimos tempos, contribuem, de igual modo, para o desenvolvimento do turismo e aproxima cada vez mais os turistas.

Facto que, segundo Ângela Bragança, constitui um alerta para o país, sobretudo no caminho a seguir e nos investimentos que devem ser feitos nas áreas das tecnologias. Dia Mundial do Turismo no Namibe Este ano, Angola vai saudar o Dia Mundial do Turismo, na província do Namibe, com a realização do Fórum Regional sobre o Turismo, que acontece de 23 a 27 de Setembro.

O calendário inscreve diversas actividades e abordagem de vários temas, como a importância das Tic no turismo, a Biodiversidade e a protecção, preservação e conservação dos parques nacionais e áreas de conservação, reflexão sobre o mosaico enográfico das províncias do Sudoeste do país e outros. Ainda no decorrer das actividades, será assinado um memorando de entendimento entre os governadores das províncias da Huíla, Namibe, Cuando Cubango e Cunene.

Referiu ainda que, nesta comemoração, referente ao Dia Mundial do Turismo, que se assinala a 27 de Setembro, o Ministério pretende juntar sinergias com os demais intervenientes, no sentido de trabalharem em conjunto para o desenvolvimento do sector. “Pretendemos também mobilizar os demais departamentos ministeriais, as instituições académicas, as associações e operadores turísticos no sentido de trabalharmos em conjunto em prol do turismo”, apelou, para acrescentar, de seguida, que “o objectivo é criar uma plataforma dinâmica de intervenções que impulsionem o turismo em Angola”, revelou.