loader

Expo-Huambo com mais de 100 expositores inscritos

A feira que visa divulgar as potencialidades da província do Huambo e atrair investimentos está em preparação. Americanos, italianos, checos, sulafricanos e namibianos são aguardados no evento que arranca no próximo dia 27 do mês em curso

Texto de: Miguel Kitari

Acontece um pouco por todo o país a realização de feiras que incentivam a produção nacional e mostram as potencialidades das regiões, assim como captam investimentos nacionais e estrangeiros.

No Huambo não é diferente. Por isso, terá lugar dentro de cinco dias, na capital da província com o mesmo nome, a primeira feira multi-sectorial “Expo-Huambo-2018”, evento que terá lugar em paralelo com o “Fórum Investe-Huambo”, de 27 a 29 do mês em curso, cujo objectivo é captar investimentos.

De acordo com Suzana Pereira, que faz parte da organização, “nesta altura estão inscritos mais de 110 expositores provenientes de várias partes de Angola e sectores de actividade”, avançou, realçando ainda que os expositores são empresas legalmente constituídas e não simples feirantes, não descartando a possibilidade desta franja estar presente no evento.

Para que nada falhe, na Quarta-feira, 19 de Setembro, realizou-se uma reunião da qual tomaram parte os membros da empresa organizadora e do governo local, agora chefiado por Joana Lina. A organização espera receber, no pavilhão Osvaldo Serra VanDúnem, mais de 100 expositores, e 5 mil visitantes.

O fórum “Investe Huambo”, que terá lugar no complexo da Chiva, conta reunir mais de 300 convidados que vão discutir vários temas, ocasião que servirá para o Governo local apresentar as áreas de investimentos. Estarão na Expo-Huambo instituições do Estado, administrações municipais da província, o sector bancário, dos seguros, das Tics, da indústria, máquinas, associações e outras.

Energia para bons negócios

O facto de a província possuir a classificação B, atribuída pelo Ministério das Finanças, que lhe permitiu a redução de impostos, designadamente, Imposto Predial Urbano 50%, Imposto Industrial 50%, Imposto de Cisa 75% e outros incentivos, são bons atractivos para os investidores, consideram os organizadores da Expo-Huambo.

No acto de apresentação do evento, que teve lugar em Luanda, os responsáveis do governo do Huambo realçaram o factor de a província possuir 60 megawatts da barragem do Gove, 30 da central térmica do Dango, 17 da central do Benfica, e teremos energia de Laúca, que para eles é capacidade energética suficiente.

Banca em força

Na feira, que arranca no próximo dia 27 e termina no dia 30 do mês em curso, o sector da banca estará em força. De acordo com Suzana Pereira, estão na ExpoHuambo 10 bancos comerciais, que poderão interagir com os expositores e potenciais investidores da região centro sul e não só. Trata-se dos bancos BFA, SOL, Postal, Comercial do Huambo, BIC, BAI, Atlântico, BCI, e BPC, todos com agências na província do Huambo.

Potências na Expo-Huambo

Em exclusivo para OPAÍS, a organização avançou que esperam pela visita, nos dias em que decorrer a feira, de um representante da Embaixada dos Estados Unidos da América em Angola, Itália, República Checa, delegações empresariais da África do Sul e da Namíbia.

Últimas Notícias