Cidadão detido por quatro anos depois de ter morto a mulher

A Polícia Nacional em Luanda confirmou a detenção de um cidadão nacional de 49 anos de idade, na última Sexta-feira, 21, acusado da prática de um crime de homicídio voluntário, de que foi vítima a sua esposa, há quatro anos. A detenção do cidadão só foi possível após intervenção das forças policiais da Brigada Especial de Trânsito ( BET), quando este foi abordado na Av. Cmdt. Fidel Castro Ruiz, município de Viana, e em sua posse havia uma arma de fogo, sem número, de marca Jericho.

Feitas as investigações, foi possível colher que o cidadão em causa estava em fuga desde o dia 3 de Fevereiro de 2014, data em que a Polícia tomou conhecimento da ocorrência que dava conta do assassinato da sua esposa, na cidade de Luanda. O acusado já se encontra a contas com o Serviço de Investigação Criminal, para os devidos procedimentos legais.

Polícia deteve 79 cidadãos no dia 20

A Polícia Nacional deteve 79 cidadãos em todo o país no dia 20 do corrente mês, pela prática de 131 crimes de natureza diversa, com destaque para os homicídios voluntários, violações sexuais, roubos e ofensas corporais, ocorridos nas províncias de Luanda (com 56 crimes), Huambo (com 21), Benguela (com 11), Uíge (com 08) e Bié (com 07 crimes).

Sobre a segurança nas fronteiras nacionais, importa referir que se registou a interpelação de 320 cidadãos da República Democrática do Congo, em consequência de trinta (30) ocorrências, sendo vinte e nove (29) por imigração ilegal e uma (01) por contrabando de combustível, ocorridas nas seguintes províncias: Lunda-Norte com 16, Zaire com 12 e Cabinda com 02 casos.