Primeira edição da Expo-Huambo abre hoje

A feira que vai divulgar as potencialidades da província do Huambo arranca hoje, na capital da referida província. Com 110 expositores confirmados, o evento contará com a realização de um fórum “Investe/ Huambo.

Começa hoje na cidade do Huambo a primeira feira multi-sectorial “Expo- Huambo-2018”, evento que terá lugar em paralelo com o “Fórum Investe-Huambo, de 27 a 29 do mês em curso. Segundo Suzana Pereira, que faz parte da organização, reforçou ao OPAÍS que o evento contará com 110 expositores, provenientes de várias partes de Angola, e sectores de actividade, realçando ainda que os expositores são empresas, e não feirantes. Suzana Pereira avançou que “estão todas as condições criadas para que possamos fazer a abertura do evento. Aliás, temos reuniões periódicas para pequenos certos”, reforçou. Referiu ela que a organização espera receber, no pavilhão Osvaldo Serra Van-Dúnem, mais de 5 mil visitantes. Estarão na Expo-Huambo instituições do Estado, administrações municipais da província, o sector bancário, dos seguros, da Tics, da indústria, máquinas, associações e outras.

Por outro lado, destacou que “esperamos pela visita, nos dias que decorrer a feira, de um representada da Embaixada dos Estados Unidos da América em Angola, Itália, República Checa, delegações empresariais da África do Sul e da Namíbia”, disse Suzana Pereira, membro da organização. O facto de a província possuir a classificação B, atribuída pelo Ministério das Finanças, que lhe permitiu a redução de impostos, designadamente Imposto Predial Urbano 50%, Imposto Industrial 50%, Imposto de Cisa 75%, e outros incentivos são bons atractivos para os investidores, consideram os organizadores da Expo-Huambo. Os altos responsáveis do governo do Huambo realçaram o factor de a província possuir 60 Megawatts da barragem do Gove, 30 da central térmica do Dango, 17 da central do Benfica, e teremos energia de Laúca, que para eles é capacidade energética suficiente para os potenciais investidores apostarem na região.

Banca pode impulsionar economia da região

Na feira, que arranca hoje, dia 27, o sector da banca estará representado por 10 instituições, que poderão interagir com os expositores e potenciais investidores da região Centro-Sul e não só. Estão na Expo- Huambo os bancos BFA, Sol, Postal, Comercial do Huambo, BIC, BAI, Atlântico, BCI, e BPC, todos com agências na província do Huambo. A organização entende que este sector, pela sua importância, pode jogar um papel importante no impulso que se pretende para a economia da região Centro/Sul.