Projecto ‘Campus de Saúde’ da UPRA apresentado em Luanda

A Universidade Privada de Angola (UPRA) apresentou publicamente nesta Quinta-feira, 27, em uma das unidades hoteleiras de Luanda, o seu projecto de campus universitário para apoio a componente de ensino das Ciências Médicas.

Segundo a instituição promotora, a iniciativa está planeada para ocupar uma área total de 25 hectares na zona do Bita- Tanque, município do Belas, arredores da cidade de Luanda e é um projecto integrado entre formação, prestação de serviços de saúde, pesquisa e investigação, focado na capacitação de profissionais na área de saúde, médicos e todos os outros quadros necessários ao bom funcionamento das unidades e serviços no país. “O nosso objectivo é formar profissionais humanizados, socializados, disciplinados, capazes de assegurar cuidados primários de saúde e serviços diferenciados que evitem as evacuações para o exterior de angolanos em busca de tratamentos”, afirmou o presidente do Conselho de Administração da empresa detentora da UPRA, Manuel João da Fonseca.

O ambicioso complexo, integrado por diversos serviços médicos e hospitalares, residência e prestação de serviços, está pensado para transformar-se em um grande espaço para parcerias público-privadas e oportunidade para investidores nacionais e estrangeiros. O promotor visiona a possibilidades de negócios nos segmentos de áreas de serviços e seguros de saúde, formação, fornecimentos de logística alimentar, medicamentosa, diagnóstico, exploração das unidades farmacêuticas, lojas de conveniência, internato dos estudantes, áreas residenciais dos professores, desporto, livrarias e reprografias, cafés, restauração, agências bancárias, lavandarias, transportes, limpeza, inceneração, jardinagem, segurança, manutenção, serviços de ambulâncias, transporte aéreo de saúde, dentre outros.

“A iniciativa tenciona contar com todas as instituições na promoção do mecenato para fortalecer o projecto social na troca de conhecimento nos sectores de interesse mútuo como pesquisa, investigação, programas de apoio à formação de docentes, no complemento da capacitação dos nossos estudantes na especialização dos profissionais tanto internamente como no exterior do país”, frisou Manuel João Fonseca. O projecto foi apresentado a uma plateia composta por membros do Executivo angolano, corpo diplomático acreditado no país, organismos e agências do sistema das Nações Unidas, instituições bancárias nacionais e internacionais, seguradoras e fundações. “O nosso objectivo fundamental e único é a construção de um ‘Campus de Saúde’ em que a diferença e a qualidade sejam únicas.

E para atingirmos esta meta contamos com a vossa participação a vossa experiência, o vosso conhecimento e ainda com a amizade dos países amigos que querem ver uma África melhor para não emigramos atrás de melhores condições sociais”, apelou, ao finalizar a sua alocução, o promotor. A Universidade Privada de Angola, abreviadamente designada UPRA, é pessoa colectiva de direito privado, vocacionada para o Ensino Superior Universitário em todos os domínios do saber. Ela surge no mercado angolano como Instituto Superior Privado de Angola, ISPRA, tendo-se, a posterior, convertido em universidade. Dentre outros, lecciona cursos nas áreas de Comunicação Social, Engenharias, Direito, Ciências médicas.