Livro de Kibuku Kianjinje é apresentado Terça-feira no Centro Cultural Português em Luanda

A obra publicada pela Editora Acácias reúne poemas sobre temas diversificados, inspirados em Malanje, terra natal do autor, onde teve o lançamento oficial em Agosto último

Texto de: Augusto Nunes

“O Interior da Luz” o primeiro livro da autoria de Kibuku Kianjinje será apresentado esta Terça-feira, no auditório Pepetela do Camões – Centro Cultural Português em Luanda, no quadro da “Divulgação de Jovens Escritores – Publicação de Primeira Obra Literária”. O livro, publicado pela “Editora Acácias”, reúne poemas, diversificados, inspirados por Malanje, sua terra natal. Segundo o autor, a obra tem como função principal “Indicar o caminho que nos leva ao amor”.

Na sua poesia, Kibuku Kianjinje reflecte o quotidiano de uma sociedade marcada pelo materialismo e imediatismo excessivos, particularmente a juventude, alheia a princípios e valores, sem qualquer dimensão de espiritualidade, comprometendo o desejado futuro de desenvolvimento harmonioso da pessoa humana e da sociedade.

Salienta ainda que “ a felicidade não reside apenas na posse de bens materiais, mas sim no amor e na paz espiritual, que se vêm degradando ao longo dos tempos nas sociedades”. O autor Kibuku Kianjinje, pseudónimo literário de António Agostinho José Sebastião, nasceu em Malanje e é licenciado em Gestão de Hotelaria e Turismo. Foi graças à influência do seu pai, grande amante da leitura, que teve o primeiro contacto com a literatura e ganhou o hábito e o gosto pela leitura.

Em 1990, a poesia de Michel Quoist, em particular a obra “Poemas para Rezar” influenciou-o para seguir o mundo da escrita. Em 1996, apaixonou-se pela cultura Hip Hop e compôs os seus primeiros poemas. Actualmente, é activista cívico, formado pelos “Médicos sem Fronteiras”, palestrante, promotor de eventos, investigador cultural e comentador do programa da Rádio Malange “Raízes da nossa Cultura” e apresentador de outros programas de rádio. É também professor de Educação Moral e Cívica, formado pelo Instituto de Ciências Religiosas de Angola (ICRA), coordenador do Projecto Cultural “Pró-Artes e Ritmos”, membro da Brigada Jovem de Literatura de Malange .