Kardashian: a celebridade mais ‘perigosa’ para se pesquisar na Internet

A empresa McAfee estimou quantos resultados de pesquisa mencionavam o nome de celebridades e tinham ligações a sites perigosos. Kim Kardashian revelou-se a mais procurada.

A estrela de reality shows na televisão Kim Kardashian é considerada a celebridade mais perigosa para se pesquisar na Internet, de acordo com uma empresa especializada em segurança de redes que fez a lista para o Reino Unido. O software de segurança McAfee estimou quantos resultados de pesquisa mencionavam o seu nome e tinham ao mesmo tempo ligações a sites perigosos. No ano passado, o cantor Craig David era a celebridade que ocupava este lugar, estando a super-modelo Naomi Campbell logo a seguir. Kourtney Kardashian, irmã de Kim, aparecia em terceiro. A cantora Adele e a apresentadora Caroline Flack completaram o top cinco das celebridades mais perigosas para se pesquisar online e Ruby Rose, por sua vez, actriz na série ‘Orange Is The New Black’, ocupou o topo da mesma lista, mas nos Estados Unidos.

A McAfee explicou que os hackers são conhecidos por usarem personalidades famosas para enganar os usuários e motivar o click em sites não fidedignos, de forma a conseguirem instalar vírus no dispositivo das pessoas ou roubar informação e palavras-passe. Raj Samani, cientista-chefe da empresa, diz que vivemos no mundo “do imediato, que é extremamente influenciado pela cultura pop e pelos social media” e acrescenta que “há infinitas oportunidades para escolher que tipo de entretenimento preferimos para aproveitar” o que os social media nos dão. Neste sentido, a segurança online é cada vez menor.

A firma de segurança de redes que avançou a informação ofereceu conselhos aos utilizadores, para que se sintam seguros online. A empresa sugere que se assista apenas a vídeos pagos e vindos de fontes fidedignas, que se clique somente em links de histórias em que os usuários confiem e avisa ainda que os anti-vírus e as aplicações instaladas nos dispositivos móveis estejam actualizadas. Além das celebridades mencionadas acima, nomes como Rose Byrne, Kem Cetinay, Britney Spears, Emma Roberts e Ferne McCann também não são aconselhados à pesquisa online.