Candidatos à liderança da JURA serão conhecidos no dia 12 de Outubro

Os oito militantes que formalizaram as suas précandidaturas para a liderança da JURA, braço juvenil da UNITA, esta semana, poderão conhecer os resultados no próximo dia 12, altura em que a comissão eleitoral(CE) do IV Congresso se pronunciará.

O primeiro vogal da comissão eleitoral, Laurindo Sahana, assegurou que findo o período de formalização das pré-candidaturas, a comissão organizadora terá cinco dias para avaliação dos processos, para apurar se os candidatos reúnem os requisitos exigidos pelo código eleitoral e pelos regulamentos da JURA. “No dia 12 do corrente mês teremos a divulgação definitiva das candidaturas e faremos o sorteio das posições no boletim de voto”, informou o responsável, na presença dos candidatos. Note-se que o mesmo fez este esclarecimento no final da formalização das candidaturas, cujo acto foi presenciado pelo presidente da comissão eleitoral, o deputado da Assembleia Nacional José Eduardo.

Ademais, Laurindo Sahana informou que a partir de 12 de Outubro os candidatos apurados poderão entrar em campanha eleitoral até 05 de Novembro. O Congresso realizar- se-á de 8 a 10 de Novembro, sob o lema “JURA, nova etapa, nova dinâmica para a vitória”. Sahana enalteceu o civismo patenteado pelos candidatos durante o processo de formalização das candidaturas, augurando que o mesmo aconteça por altura da campanha. Formalizaram as suas candidaturas os militantes Rafael Mukanda, Custódio Agostinho Lopes, Manuel da Costa Ekuikui, Elsa Pataco, António das Dores Miguel (proveniente da província de Malanje), Oseias Pedro Chilemba, Samuel Piedoso Sabino, e Alicerces (Aly) Mango, este último concorre à sua própria sucessão.

Linhas de força dos candidatos

A única mulher a concorrer, Elsa Pataco, em declarações à imprensa, disse não se sentir “intimidada” por concorrer com homens e que vai apostar na inovação e coesão, como linhas de força para a sua liderança. Se for eleita, garante que trabalhará para contribuir da melhor forma possível para o crescimento da JURA e incentiva as outras mulheres a fazerem parte do quadro político desta organização juvenil. Da província de Malanje, o candidato António das Dores Francisco Miguel, pretende trabalhar no processo de redinamização da JURA e incentivar o associativismo juvenil sem olhar para a cor partidária. Rafael Muakanda, o primeiro a formalizar a sua candidatura, no último Sábado, 29, aposta numa JURA mais dinâmica, actuante, revolucionaria e representativa.

Disse que pretende também ajudar o seu partido a enfrentar os novos desafios que se avizinham, como as autarquias e as eleições gerais de 2022, e augura que a UNITA tenha uma boa safra eleitoral. Por outro lado, Custódio Agostinho Kamuanhgo Lopes, referiu que pretende trabalhar para que a juventude angolana tenha oportunidades, sendo ela a principal vítima dos problemas que a sociedade enfrenta, como a gritante falta de emprego e de educação de qualidade. Quanto ao pré-candidato, Oseias Pedro Malaka Chilemba, caso assuma a liderança juvenil, irá transformar a organização de modo a corresponder aos desafios do milénio, bem como trabalhar para que o seu partido vença as eleições autárquicas e gerais. Samuel Piedoso Carlos Sabino pretende lutar contra a violação dos direitos da juventude e almeja uma organização que possa defender os seus direitos. Disse ter um programa e uma visão diferentes da anterior liderança e que mais detalhes serão avançados caso seja aprovada a sua pré-candidatura.

Mandatários das campanhas

A mandatária da campanha do secretário-geral cessante, Aly Mango, que concorre à sua sucessão, Imaculada Tavares, assegurou que durante o seu mandato o seu candidato cumpriu o projecto traçado ao longo dos quatro anos de liderança. Já o mandatário da campanha do candidato Manuel da Costa Ekuikui, Isaías Dembo, assegurou que as linhas de força da campanha são, acima de tudo, o diálogo interno, a massificação e a união no seio da organização. Refira-se que o processo de formalização de candidaturas decorreu de 29 de Setembro a 03 de Outubro do corrente ano.