celebridades : Kanye West volta a apagar contas das redes sociais e não dá explicações

Em 2017, o rapper norte-americano tinha apagado contas do Instagram e do Twitter, depois reactivou-as e voltou a apagá-las, mas até agora, não deu explicações.

Kanye West voltou a apagar as suas contas de Twitter e Instagram. Desde Sábado que o perfil do rapper nas redes sociais desapareceu, à semelhança do que já tinha acontecido em 2017. Nessa altura, Kanye West que agora pretende ser tratado apenas por Ye, como anunciou no final de Setembro, que acabaria por reactivar as contas em Abril de 2018. Seis meses depois, Kanye West voltou a apagar as duas contas e, até ao momento, não deu qualquer explicação sobre o sucedido. Nas últimas semanas, o rapper tem estado envolvido em polémicas depois de ter escrito no Twitter que a XIII Emenda da Constituição Norte- americana deveria ser abolida.

Escrita em 1864, a emenda refere-se à abolição da escravatura nos Estados Unidos. Kanye West acabaria por dizer que se tinha exprimido mal, explicando que o que pretendia dizer era que a emenda fosse alterada. Já durante a sua actuação, este mês, no programa televisivo “Saturday Night Live”, da NBC, usou um boné vermelho com a inscrição “Make America Great Again”, slogan de Donald Trump durante a campanha eleitoral para as presidenciais, como forma de apoio ao presidente norte-americano.

O artista

Produtor musical e estilista nativo de Chicago, Illinois, nascido em Atlanta, Estados Unidos da América, a 8 de Junho de 1977), Kanye Omari West é também conhecido por Ye.

Ficou famoso no início da sua carreira como produtor da Roc-AFella Records, onde ganhou reconhecimento pelo seu trabalho no álbum The Blueprint, de Jay-Z, assim como por hits para outros cantores como Alicia Keys, Ludacris, Janet Jackson e outros. Actualmente, como cantor, Ye é o nono artista que mais vendeu músicas em formato digital, além de ter ganho vários prémios, incluindo um total de 21 Grammys, sendo assim o maior rapper da história da premiação. O seu estilo de produção originalmente consistia de samples vocais agudos de músicas soul são incorporados à sua própria percussão e instrumentos. E m produções subsequentes, West aumentou a sua paleta musical e expressou influências que abarcam R&B dos anos 70, baroque pop, trip hop, arena rock, folk, música alternativa, música eletrónica, synthpop e música clássica. Ye lançou o seu álbum de estreia “The College Dropout”, em 2004, seu segundo álbum “Late Registration”, em 2005, o terceiro álbum “Graduation”, em 2007, o quarto “808s & Heartbreak”, em 2008, o quinto “ My Beautiful Dark Twisted Fantasy”, em 2010, o sexto “Yeezus”, em 2013, o sétimo “The Life of Pablo”, em 2016 e o seu oitavo álbum “Ye”, em 2018. Lançou também o álbum colaborativo com Kid Cudi, Kids See Ghosts, em 2018.