Editorial: As portas da China

Com o fim da dupla tributação entre a China e Angola, pode-se dizer que se abre uma porta importante para os produtos angolanos, contando ainda que a China é neste momento o maior importador mundial de todo o tipo de produtos, com destaque para os agrícolas e pecuários. As empresas angolanas poderiam começar a sonhar, mas vamos ser realistas, há pecuária para concorrer com o Brasil, por exemplo? Mas também é fácil antever o futuro proximo: empresas chinesas estabelecidas em Angola, a produzir e a exportar para a China. Os angolanos terão de descobrir alguma forma de se valer deste acordo.