BODIVA negociou mais de Kz 16 mil milhões em dez dias

A Bolsa de Dívida e Valores de Angola (BODIVA) realizou mais de 150 negócios avaliados em cerca de Kz 16,5 mil milhões, nos primeiros dez dias do mês em curso

Texto de: Hélder Caculo

O Banco de Fomento Angola (BFA), enquanto agente de intermediação, lidera o ranking de montantes negociados este ano (Kz 600 mil milhões), bem como de negócios realizados (2235) e é já o quarto ano consecutivo. Recorde-se que este banco foi o primeiro agente licenciado pela Comissão do Mercado de Capitais e o primeiro autorizado a operar nos mercados regulamentados da BODIVA.

Seguem-se os bancos Standard Bank com Kz 248 mil milhões e 143 negócios, o Angolano de Investimentos (BAI) com Kz 150 mil milhões e 272 negócios. De acordo com o relatório sobre o Mercado Secundário de Dívida Pública, no mercado Bilateral, a BODIVA negociou Kz 3,3 mil milhões, enquanto no mercado Multilateral registou um volume de Kz 13,2 mil milhões, nas primeiras duas semanas deste mês. Em Setembro, a bolsa angolana registou uma queda de 15% (cerca de Kz 15 mil milhões) comparativamente ao mês de Agosto, em que os negócios realizados estiveram avaliados em Kz 96,6 milhões.

Desde Janeiro até ao presente mês, a BODIVA já realizou mais de 2 mil negócios avaliados em Kz 615 mil milhões. Em 2017, o montante médio mensal de negociação foi de Kz 43,7 mil milhões Kz, superior em Kz 13,3 mil milhões Kz (44%) aos Kz 30,4 mil milhões de 2016, sendo que os meses com maior montante de negociado foram Dezembro, Novembro e Agosto, com Kz 131,2 mil milhões, Kz 86,2 mil milhões e Kz 62,8 mil milhões, respectivamente.

“Desde Janeiro até ao presente mês a BODIVA já realizou mais de 2 mil negócios avaliados em Kz 615 mil milhões” Este ano, o montante mais alto foi registado em Agosto, em que a BODIVA negociou cerca de Kz 96 mil milhões. A secretária de Estado das finanças anunciou para breve a entrada em vigor do mercado de acções, outro segmento da BODIVA que vai atrair novos investimentos para o país.