loader

Palancas Negras podem isolar-se na liderança

Em caso de derrota ou empate do Burkina Faso diante do Botswana e uma possível vitória dos Palancas Negras frente à Mauritânia, a Selecção Nacional isola-se no comando do grupo I.

Os comandados do seleccionador nacional de futebol, Srdjan Vasiljevic, defrontam hoje a Mauritânia no Estádio Olímpico, em partida referente à quarta jornada do grupo I de acesso ao CAN 2019, nos Camarões, às 18 horas. Depois da vitória, por 4-1, em Luanda, a Selecção Nacional tudo fará para repetir a proeza e ‘torcer’ por deslize do Burkina Faso diante do Botswana para assumir a liderança isolada da série.

Para concretizar o objectivo, Geraldo, Djalma Campos e Gelso Dala, novo abono de família dos Palancas, terão que entrar com os pés bem assentes no chão. Aliás, no desafio anterior disputado em solo angolano, os mourabitones demonstraram muita qualidade na circulação da bola, sobretudo no jogo directo. A equipa técnica angolana deverá apostar no médio trinco Stélvio, atleta com um porte físico aceitável, que sabe preencher bem o espaço livre para conseguir sair do piso sintético de Nouakchott com a vitória na bagagem.

Os mourabitones, a jogar em casa, vão procurar assumir as rédeas da partida para tentar chegar ao primeiro quarto de hora com um golo. Para tal, a equipa da Mauritânia terá que correr bastante, porque a Selecção Nacional está com níveis de confiança elevados. O treinador-adjunto dos Palancas Negras, Arsénio Sebastião “Love”, disse que o objectivo é a conquista dos três pontos.

Últimas Notícias