loader

governador defende conjugação de esforços na preservação da centralidade do Cuito

A aposta na melhoria do meio ambiente, através do reforço do saneamento básico e higiene, para tornar a Centralidade Horizonte do Cuito mais verde, constitui, para o governador do Bié, Pereira Alfredo, o principal desafio dos moradores

O governante teceu estas considerações à Angop, à margem do acto que marcou as festividades do primeiro aniversário da Centralidade Horizonte do Cuito, que ontem se assinalou. Para Pereira Alfredo, a medida carece do empenho e entrega de todos os moradores, de modo a torná-la a mais limpa das centralidades a serem erguidas no país, apelando, porém, à preservação das habitações.

De acordo com o governador do Bié, Pereira Alfredo, todo o beneficiário das moradias deve sentir-se parte integrante da sua gestão, comprindo com as normas e regulamentos de convivência em função dos espaços cruzados de culturas, sabendo viver na diferença.

O projecto, informou, insere-se nos esforços do Governo Angolano que visa melhorar as condições de habitabilidade das populações, assegurando a educação, saúde, energia e águas, bem como a manutenção das infras-estruturas.

Nesta conformidade, Pereira Alfredo solicitou dos moradores mais apoio aos programas gizados pela administração da Centralidade, com vista a manter as melhores regras de convivência e harmonia social. Por sua vez, o administrador da Centralidade, Henrique Arsénio, disse que 96 por cento das residências já estão habitadas, apontando na ocasião a falta de um velório para a realização dos eventos fúnebres, esquadra definitiva para a Polícia Nacional, acomodação digna da administração, entre outros.

Entretanto, no âmbito das festividades do primeiro aniversário da Centralidade, o Governo da província, através do Gabinete Técnico e Infras-estruturas, realizou neste Sábado o sorteio das últimas 52 residências do projecto, no qual participaram mil e 200 candidatos. A Centralidade Horizonte do Cuito dispõe de 2.784 apartamentos e prevê a construção de seis mil residências.

Nesta primeira fase, conta com mil 922 apartamentos, 252 moradias térreas e 611 moradias de dois pisos erguidas, além de registar a construção de 138 lojas, bem como do sistema de abastecimento de água potável e a ligação do sistema eléctrico público e os acessos viários. Para além destes, inclui empreendimentos sociais, tais como duas escolas para o II ciclo do ensino secundário, com 24 salas de aulas, e a primária, com 12 salas, jardim-de-infância, dois centros infantis, centro de saúde, posto policial, entre outros.

A Centralidade Horizonte do Cuito foi erguida no âmbito do programa “Meu Sonho, Minha Casa”, numa parceria entre a Kora Angola e o Governo de Angola. De realçar que o projecto Kora Angola, para além do Cuito, está a construir também mil fogos habitacionais na vila do Andulo na província do Bié.

Últimas Notícias