Privados, com cerca de 50% das bombas de combustíveis no país

Mil e oito postos de abastecimento asseguram a distribuição no país, avançou o técnico do Ministério dos Recursos Minerais e Petróleo (Mirempet), Miguel Filho

Os dados foram avançados durante o III Seminário Metodológico Regional do sub-sector dos recursos minerais e comercialização dos derivados do petróleo, realizado naquela urbe. Segundo Miguel Filho, que dissertava sobre o tema “Contextualização do Mercado de Derivados de Petróleo e o seu Processo de Licenciamento”, do número total dos postos de abastecimento de combustíveis espalhados pelas 18 provínciais do país, 406 são tutelados pela Sonangol distribuidora, 78 pela Pumangol e 49 pela SonanGalp, um consórcio detido pela Sonangol e GalpEnergia de Portugal.

Estão igualmente a operar no país, outros 475 postos de abastecimento de combustíveis sob responsabilidade de diversos operadores, que perfazem 47,21% por cento do total da rede de distribuição de derivados de petróleo e outros 17 por cento, através de postos contentorizados.

Dos números referidos, a província de Luanda conta com um total de 139 postos de abastecimento, seguida de Benguela com 62 e Huíla com 55, sendo as regiões com maiores capacidades instaladas, As províncias de Cuando Cubango, Moxico e Lunda-Sul são as que menor cobertura registam, segundo o responsável.

Referiu ainda que a Sonangol distribuidora possui uma capacidade instalada de armazenar em terra e no mar 698 mil e 681 metros cúbicos de combustíveis, tendo no primeiro trimestre deste ano armazenado 358 mil e 511 metros cúbicos em terra e 340 mil e 170 metros cúbicos no mar em instalações flutuantes.

Estas empresas foram autorizadas a comercializar os derivados de petróleo à Luz da Lei 28/11 de 01 de Setembro sobre a refinação do petróleo bruto, armazenamento, distribuição, transporte e comercialização de produtos petrolíferos, sustentada pelos decretos presidenciais nº 131/13 de 5 de Setembro, 133/18 de 18 de Maio e 173/13 de 30 de Outubro.

Distribuição por terra e pelo mar

Adiantou que a distribuição é feita por camiões para o interior do país e no litoral através da Sonangol Shipping que dispõe de 19 navios para o efeito. Referiu que o Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN) do sector para o quadriénio 20182022, prevê atingir uma meta de mil e 132 postos de abastecimento de combustíveis, em todo o País e uma capacidade de armazenamento de até 605 mil e 541 metros cúbicos de derivados do petróleo, em terra. O referido plano estima atingir um volume de vendas de sete milhões, 14 mil e 652 toneladas métricas anuais de derivados do petróleo.