Maianga Fashion Show destaca “Luta pela sobrevivência” na 2ª edição

Para além do desfile de moda com trajes feitos por dez estilistas, será também realizada uma exposição que contará com a participação de zungueiras, artistas plásticos, escritores e engraxadores, com base no lema do evento

Texto de: Antónia Gonçalo

A 2ª edição do evento de moda denominado Maianga Fashion Show, que se realiza no próximo Sábado, 27 (das 19 às 22 horas), no Salão da Multichoice, no Cassenda, decorrerá sob o lema “A luta pela sobrevivência”.

O evento é promovido pela Agencia Lol Model’s e, para além do desfile de moda de trajes feitos por dez estilistas, vai permitir a realização de uma exposição que contará com a participação de pessoas que lutam afincadamente para o sustento das suas famílias, como é o caso dos escritores, engraxadores, zungueiras, artistas plásticos e outros.

O director de marketing da Agencia Lol Model’s, Ariklenes Sabalo, referiu que, através da crise económica e financeira que o país enfrenta, pretende-se, com a iniciativa, incentivar os vendedores a continuarem a sua actividade, de modo a garantir o sustento das suas famílias.

“Num contexto geral, queremos mostrar à população que independentemente das dificuldades, é necessário que lutemos por aquilo que almejamos. Que estejamos sempre de cabeça erguida e buscar aquilo que for necessário e fazer com dignidade para o sustento das nossas famílias. Pensamos, nós, que devemos dar força a essas pessoas”, considerou.

Quanto ao desfile de moda, Ariklenes Sabalo realçou que o objectivo é movimentar a moda no distrito da Maianga, de modo a dinamizar o sector. O director de marketing disse ainda serem vários os eventos culturais realizados na Maianga, mas poucos ligados à moda. “Deste modo, queremos fazer algo diferente e dar a oportunidade aos munícipes de interagirem mais com aquilo que é moda no nosso país”, observou.

Homenagem

Em cada edição, a organização do evento homenageia, pelo seu tra- Ericklenes Sabalo realçou que o objectivo é de movimentar à moda a nível do distrito da Maianga, de modos a dinamizar o sector distrito balho, uma figura ligada ao mundo das artes, como músicos, estilistas, artistas plásticos, escritores e modelos.

Nesta, que é a 2ª edição, será homenageado o músico Vui Vui. Eriklenes Sabalo realçou que Vui Vui começou a carreira no grupo “Kalibrados”, em 2015, e actualmente canta a solo, proporcionando ao estilo musical Rap outra dinâmica, através dos temas musicais que são apreciados no país e no mundo.

“Pelo tempo que canta este estilo musical, muito fez para o crescimento do mesmo. Ele é um músico muito acarinhado pelo público, motivo pelo qual será o homenageado”, explicou.