Realeza:Pai de Meghan Markle soube da gravidez da filha através da rádio

Thomas Markle, pai de Meghan Markle, recorda numa entrevista o momento em que ouviu na rádio que a filha está grávida. “A primeira coisa em que pensei foi na Meghan ao meu colo quando era recém-nascida”.

Não é novidade que a relação de Meghan Markle com o pai já teve melhores dias. Ainda assim, seria de esperar que Thomas Markle soubesse da gravidez da filha antes do resto mundo. Não foi isso que aconteceu. O antigo director de iluminação estava a conduzir o seu Volvo, a meio da noite, em direcção à fronteira entre os EUA e o México, quando a emissão da rádio foi interrompida por uma notícia de última hora: Meghan Markle e o príncipe Harry estão à espera do primeiro filho. “A primeira coisa em que pensei foi em pegar na Meghan ao colo quando era recém-nascida, há 37 anos. E pensei ‘O meu bebé vai ter um bebé’. Foi um momento de grande orgulho. Senti-me cheio de amor, alegria e felicidade tanto pela minha filha como pelo meu genro”, revelou o norte-americano de 74 anos em entrevista ao “Daily Mail”. Na segunda-feira passada, poucos dias depois de a internet começar a suspeitar de uma possível gravidez – devido ao visual que a duquesa de Sussex escolheu para o casamento da princesa Eugenie -, o Palácio de Kensington confirmou a notícia. Na altura, foi também lançado um comunicado com a reacção da mãe de Meghan Markle, mas o Palácio absteve-se de comentar se o seu pai tinha sido notificado.

Relação com a filha

Thomas e Meghan afastaram-se há largos meses, ainda antes do casamento real, sobretudo devido a uma série de entrevistas nas quais o antigo director de iluminação falou de forma negativa do marido da sua filha e da restante família real britânica. Além disso, não esteve disponível para levar Meghan ao altar nem sequer para comparecer ao casamento, devido a dois ataques cardíacos que sofreu. Nesta mais recente conversa com o “Daily Mail”, Thomas evita comentar a atitude da casa real e pede apenas que “não sintam pena” de si por não ter sido notificado da gravidez da filha. “O facto de eu não ter recebido uma chamada é, muito provavelmente, um malentendido devido aos meus dois ataques cardíacos e ao facto de ter faltado ao casamento. Tem havido muita desinformação e mentiras que, talvez, tenham feito com que eles deixassem de confiar em mim.” Ainda assim, fez questão de demonstrar apoio total a Meghan Markle. “Amo a minha filha e sempre a amarei. Ela vai ser uma mãe fantástica. Desejo-lhe, e ao Harry, tudo do melhor.”